Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Dicas Fantasy Premier League - Jornada 26

Um conselho de amigos, neste fim-de-semana passem o Sábado com a família, porque Domingo é não só o dia dos Namorados, como o dia em que há o Arsenal-Leicester e o Manchester City-Tottenham. Era difícil ser melhor: o 3.º visita o primeiro classificado, e o segundo desloca-se a Etihad, casa do 4.º classificado.
    Sábado há alguns jogos fortes, mas o dia 14 de Fevereiro pode ajudar a definir o rumo desta Premier League mais imprevisível que nunca. O Arsenal, que na primeira volta foi uma das poucas equipas capazes de derrotar o Leicester (5-2, Alexis Sánchez fez um hat-trick), recebe os foxes no melhor momento da época. Todo o balneário está unido, algo que transparece na solidariedade em campo, a confiança está nos píncaros, a defesa está mais compacta, e o Manchester City 1-3 Leicester City foi exactamente o que Ranieri disse que a sua equipa precisava: o jogo perfeito. O gigante Huth (quem diria...) bisou, Mahrez espalhou magia, Kanté e Drinkwater dominaram o meio-campo, e Vardy só não fez o gosto ao pé porque Joe Hart lhe negou algumas ocasiões. É garantido que o Leicester está preparado para fazer um grande jogo, e por isso a imprevisibilidade vem do lado dos gunners, que precisam que Özil e Alexis Sánchez digam presente e mostrem que o Arsenal quer estar na luta pelo título até ao fim. Se o Leicester ganhar - é importante recordar que ganhou recentemente a Liverpool e City - reafirma o seu actual estatuto de principal favorito; mas mesmo que não ganhe, atenção porque a partir da jornada 27 inicia-se uma sequência mais "agradável" para a equipa que conta com o apoio de todos os apaixonados por futebol. O último jogo da jornada coloca frente-a-frente Manchester City e Tottenham, uma equipa abaixo das expectativas e outra acima - Agüero costuma dar-se bem com os spurs mas precisa de ter uma equipa atrás de si a lutar pelo jogo e a criar-lhe oportunidades. Não será uma surpresa se os visitantes conseguirem pontuar, ou até mesmo ganhar.
    Recuando até à jornada 25, Robert Huth foi então a maior figura com 16 pontos ao bisar no jogo grande da jornada. Vários defesas conseguiram pontuações elevadas: Lescott (15), Yoshida (15), Trippier (15), Coleman (13). Ofensivamente, Mahrez, Sigurdsson e Roberto Firmino tiveram uma boa jornada, enquanto que em termos de avançados não houve nenhuma exibição do outro mundo (Lukaku com 9 pontos, foi quem mais pontuou).
(Podem-se juntar à Liga Barba Por Fazer: Código - 114493-481221)

Nesta 26.ª Jornada, as sugestões passam por:

Romelu Lukaku - Everton - 8.8
    Podemos chamar-lhe: a jornada de despedida de Romelu Lukaku. O Everton é uma das quatro equipas (juntamente com Liverpool, City e Newcastle) que não joga na jornada 27, pelo que é importante que tenham o vosso plantel preparado para essas carências. No entanto, com uma recepção ao West Bromwich, faz sentido transferirem Lukaku apenas entre as jornadas 26 e 27.
    O ponta de lança belga, apoiado por jogadores em bom momento de forma como Lennon e Barkley, promete ser um tormento para uma defesa que nos últimos 7 jogos fora sofreu sempre golos. Na primeira volta o impacto de Lukaku foi significativo contra o WBA - 16 pontos, resultantes de 2 golos e uma assistência, o seu máximo individual esta temporada -, algo difícil de repetir nos mesmos moldes, embora o Everton seja muito superior em Goodison Park junto dos seus adeptos.
    Basta verificar que é juntamente com Roberto Firmino e Agüero uma das boas opções para envergar a braçadeira de capitão nesta jornada, para se perceber o potencial de retorno do avançado do qual outrora Mourinho abdicou.


Dimitri Payet - West Ham - 8.2
    A Premier League, e o Boleyn Ground em particular, ficou em estado de alerta quando se ficou a saber que um clube chinês estaria disposto a pagar 50 milhões por Payet, oferecendo um ordenado astronómico ao francês. Já terá custado a qualquer adepto ver Ramires, Jackson Martínez e principalmente Alex Teixeira a rumar ao continente asiático, mas "perder" Payet seria duro.
    No entanto, tudo indica que o maestro do West Ham já está a negociar um novo contrato com os hammers, algo que deixou os adeptos da Premier League a suspirar de alívio. Dimitri Payet é dos poucos jogadores na Premier League que justifica o bilhete/ ver o jogo só pela qualidade que empresta ao jogo - a qualidade técnica, a capacidade de decisão, a inteligência a ler o jogo e a saber pautá-lo, e as suas bolas paradas.
    Nesta jornada o West Ham desloca-se ao reduto do Norwich, equipa que nos últimos 3 jogos sofreu um total de 10 golos, e logo se verá se os hammers irão acusar o desgaste a meio da semana (120 minutos contra o Liverpool) ou se levarão para esse jogo o êxtase de se terem qualificado no último minuto (livre indirecto cobrado por Payet, com Ogbonna a cabecear para golo). Payet não tem pontuado como era esperado, mas o Norwich abre muito o jogo, e não defende propriamente bem bolas paradas, pelo que pode ser uma boa tarde para o francês.


Marc Pugh - Bournemouth - 4.6
    O Bournemouth está neste momento em 15.º lugar, mas tudo indica que será até às últimas jornadas uma das equipas que não andará muito distante da zona de descida (acreditamos que se vá manter na Premier). Nos últimos 4 jogos, os cherries conseguiram 7 pontos (atropelaram o Norwich, derrotaram o Crystal Palace fora e empataram em casa do Sunderland) e a única derrota nesse período deveu-se em parte à excelente exibição de Petr Cech, capaz de segurar o Arsenal depois dos seus colegas de ataque terem resolvido o jogo em 2 minutos.
    Contra o Stoke, o Bournemouth tem nova oportunidade de surpreender e amealhar 3 pontos contra uma equipa que se tem ressentido e muito da ausência do capitão Shawcross. Butland só teve uma clean sheet nos últimos 7 jogos, e o Stoke vem de uma sequência de três derrotas consecutivas por 3-0, não marcando há quatro jogos. Achamos que o Stoke deve voltar aos golos este fim-de-semana, e o jogo pode ter alguns golos, com Afobe, Ritchie e Pugh a dinamizarem o ataque da equipa da casa. O extremo esquerdo da equipa de Eddie Howe tem-se apresentado em boa forma, e é uma das potenciais "pechinchas" da jornada.


Gary Cahill - Chelsea - 6.1
   Arrepiante. A palavra certa para descrever a lesão do central Kurt Zouma, que terminou a época ao minuto 59 do jogo contra o Manchester United, pondo fim a uma temporada em que estava a ser o único defesa consistente dos blues, e hipotecando qualquer hipótese de integrar os 23 de França no Euro-2016, uma lista da qual seria opção muito provavelmente.
    Ora, a lesão de Zouma só é "positiva" para um jogador - Gary Cahill. O central inglês, muito abaixo do nível da época transacta, voltará ao eixo da defesa para fazer parelha com John Terry até ao final do ano (outra alternativa seria Ivanovic ser central, Azpilicueta ir para a direita, e Baba ser colocado na esquerda, mas Hiddink não quererá mudar tanto).
    Cahill é conhecido pelo impacto que muitas vezes consegue ter junto das balizas contrárias, e se voltar a afinar a sua química com o capitão Terry pode tornar-se uma boa opção no Fantasy. Esta jornada, na recepção ao Newcastle, pode mostrar isso mesmo. E bem que Cahill precisa de jogar, para justificar a chamada de Hodgson ao Europeu. O seleccionador britânico deve levar Smalling, Jagielka, Cahill e Stones, mas não devem ser desconsiderados Shawcross e Scott Dann (Phil Jones estará nas contas de Hodgson, mas a sua menor utilização no United diminui a sua probabilidade de ir).
        

Jesse Lingard - Manchester United - 4.2
    Depois das páginas dos tablóides britânicos serem preenchidas com nomes como Bale, Mahrez ou Mané, o Manchester United acabou por ter um defeso tranquilo, juntando-se ao plantel somente Januzaj (regressado de Dortmund). Não chegou nenhum reforço, e van Gaal - cuja saída se adivinhava há muito tempo - continua por Old Trafford, embora o ingresso de José Mourinho em 2016-17 seja cada vez mais um dado adquirido.
    O treinador holandês do United tem um feitio complicado, como é sabido. Não soube retirar o melhor de Di María, não o está a fazer com Depay, mas pelo meio alguns jogadores que à partida não teriam oportunidades saem beneficiados. O jovem Lingard é um desses casos.
    Um dos poucos destaques da Inglaterra no último Euro Sub-21, Lingard tem sido titular nos últimos jogos do United, e marcou nos últimos dois (contra Stoke e Chelsea). Numa equipa em que Martial e Rooney continuam a ser os principais destaques, Lingard pode ser um 5.º médio interessante para os vossos plantéis, dado o seu preço, e é possível que volte a fazer a diferença na visita dos red devils ao Sunderland.



Outras Opções:
- Guarda-Redes: Depois de uma jornada em que houve 6 equipas com clean sheet (Aston Villa, Newcastle, Tottenham, Everton, Southampton e Arsenal), o mais seguro é apostar em Fraser Forster (4.9) como a opção número 1. O registo do guarda-redes do Southampton é simplesmente incrível, com 5 clean sheets nos cinco jogos desde que voltou de lesão, e uma deslocação ao terreno do Swansea pode representar o sexto jogo consecutivo, desde que Forster e a sua defesa sejam capazes de anular Sigurdsson, Ayew e Paloschi.
    Depois de Forster (450 minutos sem sofrer), a segunda opção é David De Gea (5.6), que em Stamford Bridge voltou a mostrar que está no Olimpo dos guardiões da actualidade. O ataque do Watford pode estragar a vida da defesa do Crystal Palace a qualquer momento, no Everton não é claro se será Howard ou Robles, e não dá para confiar em Cech dado o adversário que tem pela frente, nem tão pouco em Courtois ou Mignolet porque as defesas à frente dos belgas não inspiram confiança actualmente.

- Defesas: Na defesa, e depois de ter marcado contra o Stoke City, a prioridade desta jornada 26 é o irlandês Seamus Coleman (5.8). O lateral-direito do Everton defronta um WBA que poderá não ser capaz de controlar o ímpeto ofensivo dos toffees, e o papel dos laterais do Everton será fundamental para desmantelar a estrutura organizada por Tony Pulis. Nathaniel Clyne (5.2) e Scott Dann (5.8) são também boas opções, essencialmente porque, mesmo que sofram, podem fazer pontos do outro lado do campo. O lateral do Liverpool tem estado abaixo das expectativas, mas por uma vez preferimos destacá-lo a ele e não ao quase-sempre-desilusão Moreno, enquanto que Dann marcou nas últimas duas jornadas.
    Van Dijk, Daniels, Smalling (cuidado com o Sunderland), Cresswell e o já referido Cahill são outros defesas que podem ter o seu lugar ao Sol, e muitos de vocês terão provavelmente que colocar defesas dos jogos grandes uma vez que é bastante provável ter por esta altura defesas do Tottenham, Arsenal e Leicester. Do City, não tanto.

- Médios: No sector intermediário já mencionámos Payet, Pugh e Lingard, mas as nossas atenções recaem sobretudo no brasileiro Roberto Firmino (8.2). O "falso 9" de Klopp está em grande forma, e embora seja intermitente nos pontos (seguindo a sequência 13-2-18-2-13 esta seria uma ronda sem golos ou assistências) o facto de defrontar o Aston Villa é suficientemente apelativo para continuar a acreditar nele. Depois, Riyad Mahrez (7.1) promete ser uma valente dor de cabeça para a defesa do Arsenal, tal como Ross Barkley (7.4) a actuar nas costas de Lukaku e a poder abusar da sua meia distância. Arnautovic, Lennon, Willian, Khazri, Alli e Michail Antonio são jogadores a ter igualmente em consideração, mas acima talvez se encontre Alexis Sánchez (11.0). Foi o jogador que nesta Premier League mais estragos fez contra o Leicester, veremos o que acontece no Round 2.

- Avançados: Entre avançados, Lukaku é a opção mais segura da jornada, mas a boa forma de Wayne Rooney (10.0), que nos últimos 6 jogos só por uma vez ficou em branco em termos de golos ou assistências, faz com que o capitão de Inglaterra tenha vantagem sobre outros nomes como: Kun Agüero (13.6)Harry Kane (10.1) (não seria chocante marcarem ambos), Afobe, Diego Costa (10.6), Vardy e Austin, caso jogue.




------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

11 (3-5-2): Forster; Clyne, Dann, Coleman; Payet, Firmino, Mahrez, Barkley, Sánchez; Rooney, Lukaku

Atenção a (Clássico; Diferencial):
Sunderland v Manchester United - Wayne Rooney; Jesse Lingard
Bournemouth v Stoke - Marko Arnautovic; Marc Pugh
Crystal Palace v Watford - Odion Ighalo; Scott Dann
Everton v West Brom - Romelu Lukaku; Ross Barkley
Norwich v West Ham - Dimitri Payet; Michail Antonio
Swansea v Southampton - Gylfi Sigurdsson; Fraser Forster
Chelsea v Newcastle - Diego Costa; Gary Cahill
Arsenal v Leicester City - Riyad Mahrez; Alexis Sánchez
Aston Villa v Liverpool - Roberto Firmino; Nathaniel Clyne
Manchester City v Tottenham - Kun Agüero; Dele Alli


This post first appeared on Barba Por Fazer, please read the originial post: here

Share the post

Dicas Fantasy Premier League - Jornada 26

×

Subscribe to Barba Por Fazer

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×