Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Dicas Fantasy Premier League - Jornada 10

E já chegámos à dezena de jornadas. Com o topo da tabela ao rubro (20 pontos para Manchester City, Arsenal e Liverpool; 19 para Chelsea e Tottenham), aproxima-se mais um fim-de-semana, com três jogos em especial destaque - o Tottenham recebe o campeão e 12.º classificado Leicester, Everton e West Ham medem forças, e o Southampton (não perdeu nas últimas 5 jornadas) recebe o Chelsea, num duelo entre duas equipas em bom momento.
    A meio da semana houve EFL Cup, a Taça da Liga inglesa, nuns oitavos-de-final que terão servido apenas para conferir motivação a alguns plantéis. Como habitualmente, os treinadores que respeitaram a competição e a encararam como importante, colocando onzes próximos da sua melhor versão, seguiram em frente. Explicam-se assim as qualificações de West Ham e Manchester United por exemplo, com Chelsea e Manchester City a "rodarem" bastante a equipa, focados noutras competições. Ainda assim, o conjunto de 8 jogos serviu para Mourinho, com humildade, pedir desculpa aos adeptos pela derrota de 4-0; e Guardiola acentuou a pior sequência da sua carreira (6 jogos sem vencer). Sturridge disse presente a Klopp, e as segundas linhas do Southampton (Boufal não será figura secundária por muito tempo, garantidamente) chegaram para vencer os titulares do Sunderland.
    Numa breve análise à jornada anterior (9), o brilho mais intenso foi o de Xherdan Shaqiri. O extremo suiço do Stoke City (duas vitórias consecutivas, a fugir paulatinamente aos últimos lugares, e com bom calendário nas próximas 5 jornadas) marcou dois golaços e deu a vitória à sua equipa contra o Hull, conseguindo 15 pontos no Fantasy. Pelos 14 ficaram os centrais goleadores Winston Reid e Gary Cahill, destacando-se ainda Pedro, Arfield, Mané e Shawcross, e ainda Victor Valdés, que com 5 defesas deixou o Arsenal em branco num jogo que se previa desequilibrado.
(Podem-se juntar à Liga Barba Por Fazer: Código - 2518758-588128)


As nossas apostas para a 10.ª jornada são:

Charlie Austin - Southampton - 6.6
    Com 3 vitórias e 2 empates nos últimos cinco jogos, o Southampton está num crescimento com forte cunho de Charlie Austin. O ponta-de-lança ex-QPR marcou 4 golos nesse período e, embora não tenha marcado qualquer golo em casa do City, já ganhou a titularidade em relação à concorrência (Long e Jay Rodriguez).
    O adversário desta jornada é o Chelsea, favorito em St. Mary's, mas os saints têm subido sempre o nível contra os grandes em casa nos últimos anos. Com Boufal (enormes expectativas!) a começar a aparecer na equipa, e jogadores como Redmond e Tadic em excelente forma, Austin continuará a ter energia e criatividade à sua volta, e por isso os golos tenderão a continuar.
    O calendário de Austin não se pode dizer que seja o melhor, embora os jogos difíceis (Chelsea, Liverpool e Everton) nos próximos 4 sejam todos em casa. O inglês é claramente um jogador para terem na Watchlist, e um potencial caso de form over fixtures. Certo é que, com Agüero e Ibrahimovic a atravessarem um deserto, à parte de Diego Costa e Lukaku (rendimento de acordo com o estatuto) é necessário começar a olhar para elementos como Austin, Deeney e Callum Wilson.


Juan Mata - Manchester United - 7.4
    A ironia é forte no trajecto recente de José Mourinho. Riscado por Mou do Chelsea, depois de ter brilhado no tempo de Villas-Boas e Di Matteo, Mata nunca chegou a afirmar-se em Old Trafford com van Gaal (o melhor momento, claramente aquela bicicleta em Anfield).
    Colectivamente, este United ainda vale muito pouco, mas é lógico que fique mais perto de ganhar se apresentar os melhores jogadores em campo. Mkhitaryan (que, em teoria, seria crucial na resolução de muitos problemas desta equipa) não joga desde a jornada 4, e a verdade é que o melhor United é aquele que tem Mata a coordenar a manobra ofensiva.
    Mourinho já o percebeu, e tem dado ao espanhol liberdade e importância nos movimentos ofensivos, actuando quer na direita quer no corredor central próximo de Ibrahimovic. Mou tem ovos para fazer uma omelete diferente e muito melhor, mas para já diante do Burnley podemos esperar o ressuscitar de Ibrahimovic (só uma tarde inspiradíssima de Heaton o pode deter) apoiado na magia de Juan Manuel Mata, o jogador que tem dado vida a José.


Xherdan Shaqiri - Stoke City - 6.4
    Com Shaqiri já se sabe como é... um jogão pode ser seguido de 4 ou 5 jogos em branco e sem chama. O suiço nunca foi um portento de regularidade, mas há vários indicadores que apontam para um crescimento sustentado do extremo do Stoke.
    Primeiro, o calendário - os próximos 3 jogos em casa podem muito bem significar 9 pontos. Depois, a segurança defensiva - a equipa de Mark Hughes parece ter finalmente estabilizado atrás, com duas clean sheets consecutivas, Grant dono e senhor da baliza, e Shawcross a subir o nível no centro da defesa. Finalmente, e embora Joe Allen seja de longe o jogador mais desta equipa ultimamente, Shaqiri é quem está mais perto do golo. Bony e Arnautovic rematam 2,2 vezes por jogo, enquanto que o suiço remata 2,8 (contra Sunderland e Hull rematou 3 vezes em cada jogo).
    Contra o Swansea - jogo especial para Bony e Allen -, equipa que actualmente não controla bem a largura dos adversários nem tão pouco as diagonais dos seus oponentes, Shaqiri pode dar sequência à última jornada, e castigar os swans.


Philippe Coutinho - Liverpool - 8.4
    É só Coutinho aparecer em grande, e babamo-nos instantaneamente. Os números são indiscutíveis e, jogadas 9 jornadas, só Walcott, Alexis Sánchez e Diego Costa têm mais pontos do que o craque brasileiro.
    O dilema promete durar a época toda - os pontos ofensivos deste Liverpool vão sempre dividir-se por Coutinho, Mané, Firmino, Lallana, Milner e ainda Sturridge, Henderson e Wijnaldum.
    Com tantos pontos (20) como o primeiro e segundo classificados, City e Arsenal respectivamente, os reds não vão largar o pódio nos próximos meses (não nos surpreenderia, aliás, ver a equipa de Klopp líder em Dezembro) e, nesse sentido, é crucial ter nesta altura pelo menos 2 jogadores do Liverpool. Idealmente, 1 defesa e 1 médio. Ou dois médios.
    Na escolha do jogador da linha intermédia, importa como sempre olhar para os números. Nenhum jogador do clube de Anfield tem estado envolvido em tantos golos como Coutinho (4 golos e 3 assistências) e, mais importante, ninguém tem tantos olhos para a baliza e ordem para atirar como o brasileiro - são 4,1 remates p/ jogo para Coutinho, acima dos outros médios Firmino (2,8), Mané (2,3) e Lallana (2).
    Esta ronda, no terreno do Crystal Palace, Benteke quererá mostrar que a sua venda foi um erro mas os reds em dia sim podem atropelar o Palace. Mas atenção, a História recente joga a favor dos eagles, com 3 vitórias nos últimos 5 confrontos.


José Holebas - Watford - 4.7
    Num actual e prestigiante 9.º lugar, o Watford de Mazzarri tem sido uma das boas surpresas desta edição. Apoiados num espectacular (cometa?) Capoue e com Deeney a comandar a equipa de braçadeira no braço, o esquema (3-5-2) tem dificultado a vida aos adversários, e potenciado os dividendos do grego Holebas.
    Como ala esquerdo, e já com 2 golos e uma assistência, Holebas tem ainda a seu favor as bolas paradas para vincar a boa opção que pode ser por 4.7.
    É impossível deixar de parte do raciocínio para esta jornada a lesão de Snodgrass, playmaker e principal figura do Hull City, cuja ausência aumenta as probabilidades do Watford não sofrer golos. Vindo de uma sequência de 6-15-6, Holebas pode manter a toada, e juntar à clean sheet o seu envolvimento no ataque com Deeney, Capoue e com um apagadíssimo Ighalo (uma sombra, até ver, de 2015/ 16).



Outras Opções:
- Guarda-Redes: Na baliza, e embora Andre Gray regresse nesta jornada, David De Gea (5.5) é porventura o principal candidato a segurar uma clean sheet. Depois de encaixar 4 golos em Stamford Bridge, o espanhol (já com 3 jogos sem sofrer, registo inferior apenas em relação a Cech, Courtois e Lloris) deve ter pouco trabalho num jogo que se espera muito mais no sentido da baliza de Heaton (por larga margem o guardião com mais defesas nesta BPL).
    Para além de De Gea, Gomes (4.9) e Lee Grant (4.1) surgem como alternativas mais baratas e que talvez até garantam um maior equilíbrio entre o potencial de clean sheet e o potencial nº de defesas, sem esquecer que Cech defronta o pior ataque do campeonato (o Sunderland marcou 6 golos até agora). Mais difícil é prespectivar o embate entre Middlesbrough e Bournemouth.

- Defesas: Entre defesas, já falámos de Holebas, mas com o Leicester a render muito menos no campeonato do que na Champions, Kyle Walker (6.1) pode dar sequência à campanha que o tem elevado ao estatuto de melhor lateral-direito até agora da competição.
    A inconsistência do Swansea pode proporcionar pontos de Bónus a Ryan Shawcross (4.9), consiga este manter os seus índices estatísticos; e nunca se pode ignorar Koscielny e Bellerín, 2 dos 3 defesas mais pontuados. O Middlesbrough-Bournemouth pode ser um excelente palco para dois laterais que se vão encontrar muitas vezes - George Friend (4.4) e Adam Smith -, e do United, entre Valencia e Daley Blind (5.7) pendemos para o holandês.
    No Southampton-Chelsea, o perigo que Costa e Hazard representam impede que o recomendemos como uma boa opção, mas estejam atentos ao desempenho de van Dijk, claramente um dos centrais mais subvalorizados da actualidade.

- Médios: Entre médios e extremos, os já mencionados Shaqiri, Coutinho e Mata avançam todos para o nosso 11 da semana em 3-4-3, e juntamos a esses três nomes o virtuoso Alexis Sánchez (11.3)Theo Walcott (8.1) teria lugar cativo no onze, mas o facto de estar em dúvida por lesão leva-nos a abdicar do 5.º médio em prol de Ibrahimovic; do Tottenham, veremos se a aura arrasadora não começa a passar de Son Heung-Min (7.7) para Dele Alli.
    Do Stoke, Shaqiri é quem nos parece representar maior perigo para o Swansea, mas há ainda Joe Allen e Arnautovic. E, tal como Allen, outra "pechincha" já bem conhecida continua a ser Etienne Capoue (5.2). Embora a perder gás, esta parece uma boa jornada para o francês mostrar que ainda está vivo.
   David Silva (8.7), ou como sempre De Bruyne e Sterling, serão fundamentais para que Guardiola consiga interromper a pior sequência da sua carreira, o Everton-West Ham pode ser um bom duelo de individualidade entre Bolasie e Payet, e atenção ainda a nomes como Eden Hazard (9.8) (marcou nas últimas duas jornadas), Tadic, Mané e Redmond.

- Avançados: Na frente, se Zlatan Ibrahimovic (11.3) (atenção, tal como Diego Costa a apenas 1 amarelo de ficar suspenso) não despertar nesta jornada, fica difícil acreditar quando o fará. No entanto, acima do sueco surgem Romelu Lukaku (9.7) e Troy Deeney (7.1), em melhor momento de forma.
    Com Kun Agüero (13.0) já se sabe como é - o argentino está a atravessar um anormal período de seca (3 jogos sem marcar na Premier), com os resultados a reflectirem isso, e o WBA defende bem. Mas a verdade é que é contra este tipo de defesas tipicamente britânicas que Kun costuma ser um quebra-cabeças.
    Austin, Callum Wilson, Negredo, Christian Benteke (7.7) e Diego Costa (10.3) são as restantes recomendações nesta jornada.


------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

11 (3-4-3): De Gea; Shawcross, Walker, Holebas; Mata, Sánchez, Shaqiri, Coutinho; Ibrahimovic, Lukaku, Deeney

Atenção a (Clássico; Diferencial):
Sunderland v Arsenal - Alexis Sánchez; Theo Walcott
Manchester United v Burnley - Zlatan Ibrahimovic; Juan Mata
Middlesbrough v Bournemouth - Callum Wilson; Charlie Daniels
Tottenham v Leicester City - Son Heung-Min; Dele Alli
Watford v Hull City - Troy Deeney; José Holebas
West Brom v Manchester City - Kun Agüero; David Silva
Crystal Palace v Liverpool - Philippe Coutinho; Christian Benteke
Everton v West Ham - Romelu Lukaku; Winston Reid
Southampton v Chelsea - Diego Costa; Eden Hazard
Stoke v Swansea - Joe Allen; Xherdan Shaqiri



This post first appeared on Barba Por Fazer, please read the originial post: here

Share the post

Dicas Fantasy Premier League - Jornada 10

×

Subscribe to Barba Por Fazer

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×