Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

IMÓVEL NA PLANTA - DÚVIDAS E DESPESAS

Olá, pessoas! Tudo bem?

Hoje vou contar a minha experiência sobre compra de imóvel na planta. Antes de qualquer coisa, quero esclarecer que tudo que aprendi e vou compartilhar são frutos da experiência que eu tive (com a construtora que escolhi, banco, imobiliária etc.) e que isso pode mudar dependendo das escolhas de cada um.

    Via

Antes de falarmos sobre a burocracia da compra, vamos ver umas perguntas frequentes:

O que é um imóvel na planta?
É imóvel que ainda não está pronto. Ou ele vai ser construído e já está a venda, ou já está em fase de construção.

Quanto tempo demora para ficar pronto?
Depende. O tamanho do empreendimento pode definir isso. Por exemplo: se você compra um apê na planta de um condomínio com torres de 30 andares provavelmente ele vai demorar a ficar pronto. Alguns levam 3 anos, outros podem levar até 5 anos! No Meu Caso, o prazo era de 2 anos para torres de 4 andares.

Sabendo disso, vamos ao passo seguinte:

O que devo fazer antes de comprar um imóvel?
O meu conselho é: pesquise! Veja a reputação das construtoras, pois muitas atrasam as obras e dão a maior dor de cabeça. Quando escolher a construtora (ou o empreendimento), não deixe de perguntar tudo sobre o imóvel. 
Não compre por impulso. Seja paciente e consciente, pois é um investimento grande que precisa se adequar às suas necessidades. 
Peça o memorial descritivo para verificar tudo o que vai ser usado na construção. Nele vem as marcas dos pisos, vasos sanitários, pias, etc., e você poderá ver a qualidade de tudo e confirmar se isso foi entregue depois.

Após pesquisar e escolher o tamanho do imóvel que você precisa, localização etc., você pode dar início à papelada da compra. Você pode fazer isso direto com a construtora ou com um corretor, no meu Caso foi com um corretor e ele me auxiliou para que  tudo corresse bem. E foi dessa forma:


  • Primeiro, foi feita uma análise de renda para saber se eu podia arcar com o valor(você pode compor a sua renda com a de outra pessoa e ela não precisa ser da família);
  • Pediram todos meus documentos básicos, mais comprovantes de renda (inclusive faturas de cartão de crédito);
  • Para que a unidade fosse reservada, tive que pagar um valor x, mas que não era uma "entrada" (nem todas as imobiliárias vão pedir);
  • Todos os documentos foram mandados para o banco (no meu caso, Caixa Econômica Federal) para aprovação do financiamento;
  • Passados 20 dias, o banco aprovou o financiamento e imobiliária pediu que assinasse os papéis da Caixa, para finalizar o financiamento;
  • Então, assinei o contrato de compra com a construtora;
  • A Caixa econômica Federal financia um valor x e esse valor depende da sua renda, quanto maior ela for, mais você consegue financiar. No meu caso, o banco financiou 80% do valor e o restante eu tinha que pagar à construtora como uma entrada;
  • Essa é a melhor parte de comprar um apê na planta: ter tempo para pagar a entrada caso você não tenha o dinheiro em mãos. Se o apartamento vai levar 3 anos para ficar pronto, você parcela a entrada nesse prazo e fica mais leve.
Obs.: Você só começa a Pagar o financiamento quando o imóvel ficar pronto!

O que eu vou gastar?
Essa é a parte mais preocupante, não é? Eu já começo com um conselho: guarde dinheiro e esteja preparado para todo imprevisto!

  • Você pode precisar pagar a reserva da unidade, como eu. E esse valor é bem salgado. No meu caso, custou R$ 5.000,00. (mas esse valor foi abatido no preço total do saldo devedor, ta?);
  • Assinado o contrato, terá que pagar o seguro que o banco cobra. Na caixa ele custou pouco mais de R$ 500,00 reais;
  • Durante a fase de construção, você paga um valor todo mês (INCC ou IGP) para o banco. Esse valor é pago para reajustar o seu saldo devedor e você não ficar com uma dívida ainda maior quando começar a pagar o financiamento. O preço varia todo mês de acordo com a tabela mas no meu caso não eram valores absurdos, variou de R$ 70,00 a 100,00 reais;
  • Mesmo que o imóvel não esteja pronto, você já vai precisar pagar a escritura. Se prepare para esse item, porque ele também é bastante caro;
  • Parcelas da entrada: o valor que o banco não cobriu, que pode ser parcelado durante a fase de construção;
  • Ao fim da construção, você começa a pagar o financiamento;
  • Algumas construtoras cobram a entrega das chaves e enxoval do condomínio.

Todo o processo de escolha e liberação do financiamento durou um mês. Lembrem-se que essas exigências variam de um estado para outro.

Espero que esse post tire suas dúvidas e te ajude de alguma forma. Essa foi experiência que eu tive e achei até bem simples. Caso você tenha alguma dúvida ou colocação, fique a vontade para dizer nos comentários. Será um prazer ajudar :) Até mais!




This post first appeared on Apê 103, please read the originial post: here

Share the post

IMÓVEL NA PLANTA - DÚVIDAS E DESPESAS

×

Subscribe to Apê 103

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×