Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Ford pode descartar alguns modelos na Europa para promover SUVs

Ford pode descartar alguns modelos na Europa para promover SUVs

A Ford continua a limpeza para obter maior rendimento de suas operações, agora fora dos EUA. De acordo com o site Automotive News, a marca americana considera tirar de cena alguns modelos atuais que estão no mercado europeu. Como sempre teve um bom portfólio no velho continente, a variedade de produtos nunca pareceu ser um problema para a empresa.

Porém, com apenas 3% do lucro líquido obtido em 2017 oriundo de suas filiais fora dos EUA, o que inclui também China, a Ford decidiu fazer uma mudança radical em sua gama de produtos, começando pelo mercado americano, onde seria mais fácil de ampliar o lucro. Mas, na Europa, a coisa é bem diferente. Sem a mesma representação em termos de rentabilidade, a empresa procura cortar custos ao máximo.

A prioridade é dar atenção aos segmentos que estão vendendo e dando retorno. Apesar de apresentarem alto valor agregado, o que tanto em teoria quanto na prática, gera uma boa margem de lucro, os carros mais caros da Ford Europa são exatamente aqueles que estão dando prejuízo. Com mercados altamente disputados, qualquer queda contínua em vendas é fatal.

Por conta disso, os modelos Mondeo (provavelmente só o sedã), C-MAX, S-MAX e Galaxy estariam na mira de Dearborn. Só a minivan C-MAX teve queda de 18% no último semestre, emplacando somente 31.888 unidades. Não foram apresentados dados dos demais modelos, mas todos foram citados como alvos e isso significa que as vendas também não estão de acordo com o esperado. Note que as opções incluem três minivans.

Ford pode descartar alguns modelos na Europa para promover SUVs

Ao mesmo tempo em que quer cortar modelos e custos, a Ford Europa pensa em lançamentos inéditos para reverter as vendas e obter mais lucro na região. Oficialmente, a empresa não diz nada, mas anunciou no mês passado que venderia uma fábrica de transmissões, localizada na França, caso não houvesse compradores.

Mas no portfólio, a Ford Europa está mesmo é de olho nos utilitários esportivos. Os modelos EcoSport e Kuga bateram recordes de vendas no segundo trimestre de 2018, indicando que a procura por SUVs está em alta. Isso é combustível para a empresa continuar suas mudanças radicais no lineup. A própria montadora já reconheceu que o Kuga está “envelhecido” e promete lançamentos até 2020.

O que se espera é a nova geração do Escape/Kuga, que deve chegar até lá. O mesmo em relação a um modelo intermediário entre EcoSport e os modelos citados. Do jeito que as coisas andam, fala-se que a plataforma desse novo SUV será a mesma do Novo Fiesta europeu.

Por conta disso, não seria estranho vermos um produto totalmente voltado para a Europa, mas com produção também na China. O Edge é outro modelo que a Ford está promovendo na Europa, inclusive extinguindo a opção de gasolina. Vale tudo para vender bem por lá, mesmo que seja usar o óleo que as demais montadoras estão cortando.

[Fonte: Auto News]

© Noticias Automotivas. A notícia Ford pode Descartar Alguns Modelos na Europa para promover SUVs é um conteúdo original do site Notícias Automotivas.



This post first appeared on Notícias Automotivas - Noticias De Carros, please read the originial post: here

Share the post

Ford pode descartar alguns modelos na Europa para promover SUVs

×

Subscribe to Notícias Automotivas - Noticias De Carros

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×