Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Filme geográfico: O Estrangeiro Louco

Gadjo Dilo contra a história de Stéphane, um francês que se aventura pelo interior da Romênia

O Estrangeiro Louco (Gadjo Dilo, 1997), é um filme franco-romeno, ambientado no pós-Guerra Fria. Foi produzido no final dos anos 90, o período de ouro do cinema romeno, uma espécie de Renascimento local, quando, logo após a queda do ditador Ceaucescu, surgem as primeiras grandes manifestações artísticas independentes.

A Romênia, juntamente com a Bulgária e a Moldávia, está em uma região sui generis do Leste Europeu, marcada pela presença de diferentes povos que convivem em relativa harmonia (se comparados, por exemplo, aos vizinhos da Ucrânia ou da antiga Iugoslávia). Entretanto, a relação entre os ciganos (que consituem uma parcela expressiva da população destes países, especialmente na Romênia) e outros povos é algumas vezes marcada por xenofobia e violência.

Breve sinopse (contém spoilers): Stéphane é um jovem francês que vai para a Romênia à procura de uma cantora, cuja voz conheceu através de algumas fitas cassete herdadas de seu pai. Lá chegando, sem conhecer o país, com pouco dinheiro e sem nenhuma familiaridade com o idioma romeno, acaba se misturando com um grupo de ciganos, de quem ele espera receber ajuda para encontrar Nora Luca, a cantora desconhecida.

Nas aulas de Geografia

O Estrangeiro Louco lança um olhar crítico e ao mesmo tempo poético sobre o Interior Romeno. Para além do roteiro (bem elaborado, uma produção que prende o espectador do começo ao fim), o filme permite refletir sobre a condição atual Dos Povos Ciganos, tratando desde aspectos culturais até os problemas enfrentados para que um povo tradicional mantenha seu modo de vida no mundo moderno. A produção ainda nos permite ver uma Romênia pouco discutida, a Romênia desestruturada e em crise pela abertura econômica sofrida com o fim da ditadura em 1989.

É, portanto, um filme que pode ser útil em ao menos dois temas da Geografia Escolar: a cultura e o Leste Europeu pós-Guerra Fria. No primeiro aspecto, o filme é um retrato ora cômico e caricato, ora incisivo da cultura cigana, da organização dos povos ciganos e da xenofobia sofrida por estes. No segundo aspecto, o filme desbrava as paisagens inóspitas do interior romeno, que parece ter parado no tempo.

O filme está disponível para download, legendado (legendas não embutidas no vídeo), no site 4Shared.


Share the post

Filme geográfico: O Estrangeiro Louco

×

Subscribe to Geografia Para Professores | Um Blog Sobre Geografia Escolar, Com Conteúdos E Dicas Voltados Para Professores

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×