Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Santa Catarina registra 14 ataques criminosos a policiais e prédios públicos em 10 horas 

Santa Catarina registra 14 ataques criminosos a policiais e prédios públicos em 10 horas :

Santa Catarina registra 14 ataques criminosos a policiais e prédios públicos em 10 horas 
Em 10 horas, Santa Catarina registrou ao menos 14 ataques a agentes policiais e sedes do governo. As investidas ocorreram entre as 18h30min de quinta-feira (31) e as 4h30min desta sexta-feira (1) em oito cidades.

O primeiro caso aconteceu em Joinville, quando um policial militar foi ameaçado por homens armados em sua casa. Mais tarde, um coquetel molotov foi arremessado contra o Instituto-Geral de Perícias (IGP), em Balneário Camboriú, e dois suspeitos atiraram contra uma guarita da Polícia Militar (PM) aos fundos do Centro Administrativo do governo, em Florianópolis. Ninguém ficou ferido (leia abaixo como foram os 14 incidentes).

Leia mais:
Delegado acredita que professora morta foi vítima de vingança
"Foi um absurdo o que aconteceu", diz jovem ferido por bala de borracha
Suspeitos da execução de primos que cavaram própria cova estão foragidos


Os ataques criminosos em Santa Catarina recomeçaram há três semanas, quando três policiais e um agente penitenciário foram mortos . Os assassinatos ocorreram entre os dias 11 e 30 de agosto em Florianópolis, Joinville e Camboriú.

Em razão dos atentados, foram restritos atendimentos em unidades do IGP e delegacias. A suspeita é de que os atentados tenham sido cometidos por uma organização criminosa paulista que tenta se instalar em Santa Catarina ou por uma quadrilha formada nos presídios do Estado.

Há indícios de que os delitos estejam conectados, mas autoridades ainda desconhecem o motivo dos ataques. Uma das linhas de investigação é de que seja uma retaliação da facção catarinense contra supostos abusos no Presídio de Blumenau.

Os atentados registrados nas últimas horas:

Data: 31 de agosto, às 18h30min
Local: Joinville
Ocorrência: policial militar foi ameaçado com arma de fogo por dois homens que passaram em frente a sua residência.

Data: 31 de agosto, às 19h
Local: Balneário Criciúma
Ocorrência: viatura que estava em oficina terceirizada foi incendiada.

Data: 31 de agosto de 2017, às 21h30min
Local: Balneário Camboriú
Ocorrência: coquetel motolov foi arremessado no prédio do Instituto-Geral de Perícias (IGP).

Data: 31 de agosto, às 21h40min
Local: Balneário Criciúma
Ocorrência: pneus foram incendiados em via pública.

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Balneário Criciúma
Ocorrência: ponte de madeira que liga os bairros Meller e São Francisco foi incendiada.

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Balneário Rincão
Ocorrência: dois homens em uma motocicleta arremessaram artefato em base da Polícia Militar.

Data: 31 de agosto, 23h40min
Cidade: Palhoça
Ocorrência: motociclista efetuou disparos de arma de fogo contra um sargento da polícia militar.

Data: 1 de setembro, às 00h10min
Cidade: Florianópolis
Ocorrência: dois homens em uma motocicleta fizeram 10 disparos de pistola 9mm contra a guarita da PM aos fundos do Centro Administrativo do Estado.

Data: 1 de setembro, às 00h20min
Cidade: Florianópolis
Ocorrência: dois homens em uma motocicleta atiraram contra uma base da PM.

Data: 1 de setembro, às 00h26min
Cidade: Criciúma
Ocorrência: dois homens atearam fogo na prefeitura. Uma sala ficou destruída.

Data: 1 de setembro, às 00h29min
Cidade: Balneário Arroio do Silva
Ocorrência: criminosos atiraram contra delegacia.

Data: 1 de setembro, às 2h10min
Cidade: Balneário Gaivota
Ocorrência: base da PM foi incendiada.

Data: 1 de setembro, às 4h30min
Cidade: Balneário Camboriú
Ocorrência: dois homens em uma moto renderam o vigilante da secretaria de obras da prefeitura, abriram o tanque de um carro, quebraram o vidro e atearam fogo no veículo.

Data: 1 de setembro, às 4h30min
Cidade: Navegantes
Ocorrência: carro que estava estacionado na rua foi incendiado.

* Com informações do Diário Catarinense


This post first appeared on Ataque Aberto, please read the originial post: here

Share the post

Santa Catarina registra 14 ataques criminosos a policiais e prédios públicos em 10 horas 

×

Subscribe to Ataque Aberto

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×