Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

VAGABUNDOS PETISTAS USARAM DINHEIRO PÚBLICO ROUBADO PARA FINANCIAR DOCUMENTÁRIO SOBRE "PRESIDENTES AFRICANOS"

EMPREITEIRAS PATROCINARAM FRANKLIN MARTINS


O conselheiro africano de Lula (Franklin Martins) coordenou uma série de documentários intitulada "Presidentes Africanos". Foram 15 episódios de 52 minutos patrocinados pelas empreiteiras OAS, Odebrecht e Queiroz Galvão, todas investigadas na Lava Jato.
Teve dinheiro também da Vale e da CNI, e pelo lado africano da Fundação Joaquim Chissano, do ex-presidente de Moçambique e da Politécnica, um instituto moçambicano.
Lula chegou a ligar duas vezes para o presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, para ele desse uma entrevista a Franklin.
Confira os nomes dos patrocinadores ao final do trailer.

DOCUMENTÁRIO PETISTA SOBRE "PRESIDENTES AFRICANOS"

"CONQUISTAS DO PT" LEVADAS À AFRICA



Numa das trocas de emails entre Clara Ant e Mônica Monteiro, parte da coletânea obtida pela Lava Jato, as duas conversam sobre a produção de um vídeo "com as conquistas do PT", para ser divulgado durante viagem de Lula à África.
Ant até envia a Mônica o link de uma palestra de Tereza Campello com os itens que, segundo a diretora do Instituto Lula, deveriam constar do vídeo.
O ex-presidente visitou Nigéria, Benin, Gana e Guiné Equatorial naquele mês. Ele teve como cicerone o próprio Franklin Martins, que ocupava o cargo de conselheiro do Instituto Lula para o continente africano.
A Lava Jato quer saber se Lula pagou pelo serviço de roteirização e produção do vídeo ou se o Cine Group, de Mônica Monteiro, foi reembolsado de outra forma - com contratos públicos, por exemplo.


This post first appeared on Ataque Aberto, please read the originial post: here

Share the post

VAGABUNDOS PETISTAS USARAM DINHEIRO PÚBLICO ROUBADO PARA FINANCIAR DOCUMENTÁRIO SOBRE "PRESIDENTES AFRICANOS"

×

Subscribe to Ataque Aberto

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×