Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Canadá – O primeiro-ministro pede maior investimento em questões de gênero no Canadá além de campanha na educação pública





Toronto Sun, 07 de fevereiro de 2018. 



OTTAWA – O governo federal diz que não tem planos para reservar dinheiro extra para informar os canadenses sobre a mudança iminente na letra de O Canadá, que deverá se tornar oficial nos próximos dias. 

A nova linguagem neutra em termos de gênero no hino será introduzida como parte da reimpressão normal do material do governo, então não haverá custos adicionais, Disse David Larose, porta-voz do departamento do Patrimônio Canadense. 

Os materiais online [referente ao Hino] serão os primeiros a mudar, e o governo informará “parceiros e partes interessadas” para que possam fazer as suas próprias revisões, disse Larose. 

A igualdade de todos os gêneros deve ser refletida em nossos símbolos nacionais, pois acreditamos que um Canadá mais inclusivo é um Canadá mais forte”. 

A mudança é o ponto culminante de um esforço de um ano do antigo deputado liberal Mauril Belanger para mudar a segunda linha do hino de “em todos os seus filhos” para “em todos nós comandar”. 

Balanger foi diagnosticado com ALS, também conhecido como doença de Lou Gehrig, após as eleições de 2015.


Ele morreu dois meses depois que a Câmara dos Comuns aprovou o projeto de lei em junho de 2016, mas o Senado levou até a semana passada para aprovar a nova letra. 

Tudo o que resta para que a lei se torne lei é que o Governador Geral dê a aprovação real – um passo que Mona Fortier, a sucessora liberal de Balanger em sua posse no Ottawa-Vanier, disse acreditar que acontecerá nos próximos dias. 



O governo deve investir em uma campanha de educação pública para promover as Novas Letras, especialmente com a abertura das Olimpíadas de Inverno em Pyeongchang, na Coreia do Sul, nesta semana, disse Fortier na segunda-feira. 

O Comitê Olímpico do Canadá pediu aos atletas que competem nos jogos para usar a nova letra.


Fortier disse que pretende divulgar as novas Letras e sugeriu a distribuição de material promocional, como folhetos e livros, para informar os canadenses sobre a nova linguagem. 

No entanto, nem todos estão felizes com a mudança: o site de extrema-direita, The Rebel, lançou uma petição para “salvar O Canadá”, pedindo que os adeptos ajudem a comissionar uma pesquisa de opinião pública sobre se os canadenses aprovam a mudança. 


O porta-voz da Liga Nacional de Hóquei, Gary Meagher, disse que os ajustes serão feitos uma vez que as novas letras se tornem oficiais. 

A polícia de Toronto ocasionalmente defende o [uso do] hino nacional antes dos eventos oficiais, disse o porta-voz Mark Pugash, acrescentando que “tem um plano” com potencial para garantir que as novas letras sejam observadas. 

Eu não vou entrar em detalhes, porque há uma variedade de maneiras formais e informais de garantir que nossa gente receba a mensagem”, disse ele. 

David Nelson, superintendente associado da Junta Escolar de Vancouver, disse que seu distrito escolar também adotará as novas letras uma vez que são oficialmente alteradas. 

A letra revisada seria cantada em eventos escolares e distritais onde o hino é cantado”, disse ele. 

O Canada by Canoe.com on Scribd

As letras para O Canadá mudaram em várias ocasiões, embora não desde 1980, quando se tornou o hino nacional oficial. 

Houve pelo menos 10 tentativas desde então para alterar as letras para torna-las mais inclusivas, incluindo uma tentativa anterior de Belanger. 

Artigos recomendados: 

  • Canadá vai alterar hino nacional para criar uma versão sem género
  • Suécia – feministas de esquerda na Suécia preparam-se para protestar contra um protesto em favor de uma mulher estuprada
  • Por que a China de repente quer reprimir as gangues
Fonte:http://torontosun.com/news/national/liberal-mp-calls-for-gender-neutral-o-canada-public-awareness-campaign/wcm/5b735d9d-b16e-4494-95bb-3c58bf0b816a?utm_campaign=Echobox&utm_medium=Social&utm_source=Facebook#link_time=1517940797 


This post first appeared on Correio Paulista, please read the originial post: here

Share the post

Canadá – O primeiro-ministro pede maior investimento em questões de gênero no Canadá além de campanha na educação pública

×

Subscribe to Correio Paulista

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×