Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Uma Casa Portuguesa Com Certeza: Quem a Salvará?


Já se sabe que dentro de pouco tempo este Portugal socialista estará a chorar mais uma vez; sendo a minha ideia de que esta nação se declare a Cuba, ou então Venezuela, da Europa porque não há quem vá salvar este país:

  • O Partido Comunista Português (PCP) sobrevive porque a classe operária não quer progredir e atingem o clímax quando anualmente fingem que estão a lutar por uma melhoria de vida – sempre por baixo – da sua patética existência
  • O Bloco de Esquerda (BE) é um partido mesquinho dirigido por umas gajas vingativas que estão sentadas no Parlamento a jogar estrumeira no ventilador e por isto acham-se no direito de despojar todos aqueles que obrigatoriamente as alimentam
  • O Partido Socialista (PS), com a ajuda dos Media, destruiu este país transformando-o num estado socialista ao estilo de Hitler pois este afirmou que iria servir-se do capitalismo para melhor implementar o Marxismo no Império Austro-Húngaro. E, tal qual o louco austríaco, o PS conseguiu fazer lavagem cerebral ao povo português trazendo-o acarneirado e silencioso como os alemães durante o comando do nazi-mor
  • O Partido Social Democrata (PSD) composto por burgueses esquerdóides (cuja ideologia quase não se distingue da do PS) é um partido envergonhado e retraído
  • O Partido Popular (CDS-PP) é um partido de meias tintas e aquela mamã à frente do partido é simplesmente ....fortita.

So, I love Portugal, pays cosmopolite, país da estrangeirada, da labreguice, do deslumbramento, do Web Summit que enaltece o alcaide Fernando Medina; país das maravilhas onde a EDP/China é subsidiada/autorizada pelo governo português a roubar ao povo e que perante a exorbitância da factura, o Ministro do Ambiente e Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes, sugere que as famílias contratem a potência mínima. Portugal, un paese que perante uma catástrofe (desabamento de uma estrada junto de pedreiras), o Mr. le Maire de Borba, António José Lopes Anselmo, acha que pode desdizer-se em menos de vinte e quatro (24) horas.

Conversa Imaginária

Enquanto aguardavam o início dum Summit governo-autarquias, estes três amigos estavam em amena cavaqueira:

Alcaide Medina: Ó Lopes Anselmo, então você diz que assume a responsabilidade pela perda das vidas no desabamento da estrada!

Mr. le Maire Lopes Anselmo: Um dos lema do MUB é "cada vez mais responsabilidade"...!

Ministro Matos Fernandes [meteu a colherada retorquindo]: O senhor ignorou os avisos dos seus munícipes quanto à instabilidade da estrada, sendo o outro dos seus lemas "a capacidade para ouvir os outros”.

Alcaide Medina: Aí o senhor esteve mal, ó Lopes Anselmo!

Lopes Anselmo: Até parece que você pode dizer o que quer que seja, bem vi o pobre espectáculo na sua reunião camarária!

Ministro Matos Fernandes: Ó Lopes Anselmo, o camarada deixou ficar mal o governo, estamos quase em ano de eleições; não podemos enviar sinais confusos ao povo!

Anselmo Lopes: Vossemecê não tem moral para dar lições de ética; lembre-se que tal qual um país comunista, o João Pedro deu uma directiva às famílias portuguesas para que contratassem a potência mínima para beneficiarem de um IVA não exequível porque a potência contratada é duplamente cobrada!

Ministro Matos Fernandes: Pronto meus senhores, não vamos zangar-nos por causa dos caprichos e falatório do povo, vamos pô-lo na linha mas com mais tacto.

Alcaide Medina: Olha, comigo não há contemplações! O Povo paga o meu salário, ele que se cale pois sou o melhor que se pôde arranjar, e se me questionar chamo a segurança e rua com ele!

Lopes Anselmo: Mas que vem a ser isto, você está a ouvir-se?

Matos Fernandes: Meninos por favor, acalmem-se, sem o povo não temos trabalho; ok?

Alcaide Medina: O povo que se dane! Nós somos o melhor para eles e o serviço paga-se. Lopes Anselmo, você é um idiota; um troca tintas, para si só há pessoas; não é? Então porque relaxou o assunto da estrada, porquê que não deu ouvidos às sucessivas queixas acerca da estrada? Hipócrita, sepulcro caiado!

Lopes Anselmo: O ministério da Geologia e Minas, disse-me que estava tudo bem; o povo sabe mais que os técnicos, por ventura? Não me lixes, burguês duma figa; só se eu não puder: o PS verá a maioria por um canudo; canalhas sofismosos!

Matos Fernandes: Bom, bom...A reunião está quase a começar. Basta de conversas!

Enfim, meu caro povo resignado...Até para a semana
 

(Imagem: Azulejo Português[Ed] - Google Imagens)

[As opiniões expressadas nesta publicação são somente aquelas do(s) autor(es) e não reflectem necessariamente o ponto de vista do Dissecting Society (Grupo ao qual o Etnias pertence). © 2009-2018 Autor/a(es/as) TODOS OS DIREITOS RESERVADOS]


This post first appeared on Etnias - O Bisturí Da Sociedade, please read the originial post: here

Share the post

Uma Casa Portuguesa Com Certeza: Quem a Salvará?

×

Subscribe to Etnias - O Bisturí Da Sociedade

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×