Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

HashFlare anunciou hoje o fim dos contratos vitalícios



Os membros da mineradora de criptomoedas na nuvem HashFlare receberam hoje por email uma notícia bastante preocupante e um pouco inesperada que eu passo a citar traduzida em português:

Estimados membros,

A indústria das criptomoedas sempre foi susceptível a uma grande quantidade de volatilidade e as recentes mudanças globais tiveram um grande impacto. Devido a um deficit de hardware em todo o setor, muitos participantes do mercado, especialmente fabricantes de hardware de mineração, precisam ajustar suas operações, aquisições, termos e preços dos mineiros da ASIC e sua entrega.

Pela seção 5 dos Termos de Serviço da HashFlare, os contratos SHA-256 e Scrypt passam a estar sujeitos a alterações. As mudanças, que cobrem principalmente os termos e os preços dos contratos, entrarão em vigor em 1 de setembro de 2017.

O novo preço por 10 GH/s de SHA-256 será de $2.40, enquanto que 1 MH/s de Scrypt custará $11.50. As taxas de manutenção e eletricidade vão manter-se iguais.

Todos os novos contratos de SHA-256 e Scrypt serão celebrados pelo período de 1 ano desde o momento em que são ativados. Todos os contratos atuais de SHA-256 e Scrypt, ativados antes de 1 de setembro de 2017, vão expirar no dia 1 de agosto de 2018.

Cumprimentos,
A equipa

Este foi o comunicado recebido hoje, onde destaquei em bold alguns pontos essenciais.

Lá se vão as nossas expectativas

No fundo o que a HashFlare queria fazer era terminar de vez com os contratos para a vida, algo que era até expectável de vir a acontecer. O que ninguém previa era que essa mudança tivesse efeitos retroativos ao terminarem também os contratos de quem tem confiado o seu investimento no site ao longo dos anos.

Esta mudança é unilateral e talvez até passível de ser contestada em termos legais, pelo que é com alguma naturalidade que vemos os comentários da página oficial do Facebook ou do Telegram serem inundados de membros indignadas.

Todos nós já tínhamos a ideia que nenhuma empresa podia continuar a oferecer poder de mineração infinito e para sempre para todos os membros, teria de haver um limite para fugir à especulação sobre o negócio ser um esquema ponzi.

Além disso está cada vez mais difícil minerar e as taxas de electricidade e manutenção vão acabar por influenciar negativamente o lucro possível do membro.

A reputação do staff está em causa

Esta foi mesmo uma notícia triste para quem como eu apostava na HashFlare como uma alternativa de confiança para investir em criptomoedas como o Bitcoin e a Ethereum, mas ainda tenho esperança que a administração compreenda a indignação que estas mudanças trouxeram e volte a trás com a decisão.

É que ninguém voltou a dar a cara desde o anúncio foi feito e para além da reputação desta mineradora, a administração tem de ter em conta as repercussões destas medidas na confiança no seu outro projeto Polybius, que arrecadou recentemente um investimento de mais de 35 milhões de dólares com a ICO!


This post first appeared on Ganha Dinheiro Na Net, please read the originial post: here

Share the post

HashFlare anunciou hoje o fim dos contratos vitalícios

×

Subscribe to Ganha Dinheiro Na Net

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×