Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

A lebre e a tartaruga – História infantil

A Lebre e a tartaruga, faz parte do clássicos, atribuídos a Esopo. é praticamente impossível ouvir contar essa fábula e não refletir em frases como : ” Devagar e sempre”, “Deus ajuda a quem cedo madruga”, “Quem segue devagar e com constância sempre chega na frente”. Apontando o ato da tartaruga e a frescura da lebre.

São ditos e mais ditos, os quais, justificam a sabia fábula, que defende as possibilidades de se dar bem, agindo com constância nas obras. A conhecida história deixa ainda, um bom ensinamento para quem gosta de zombar das capacidades alheias.

A lebre e a tartaruga- Fábula de Esopo

Dona Tartaruga como sempre, dava sua volta a tardinha no campo, sem pressa ou preocupação, vivia cada dia de uma vez. Um dia ao passar próximo á toca da Lebre vaidosa, ouviu palavras das quais não gostou.

Sem nenhum respeito, a lebre desafiou a pobre Tartaruga:

-Você é lenta hein! Enquanto eu dou a volta na floresta três vezes e volto, porém você não nem mesmo chegou na esquina!

-Cada um com sua capacidade, dona Lebre! se não consigo ser tão rápida quanto você, me conforto em saber que embora devagar eu posso caminhar.

O bem-te-vi ouvindo a discussão, intencionou dar uma lição na lebre. Metendo o bico na conversa, propôs às duas:

          

-Escute amigas, é feio ficar discutindo, quem pode mais ou quem pode menos! Por que vocês não tiram as diferenças na disputa?

-Disputa de quê Bem-te-vi ?  Com essa lerda da tartaruga, é capaz de não conseguir me acompanhar nem em um espirro!

– Hora dona lebre, não se deve dar tanta certeza das coisas quando não se pode provar, concorda? Vocês devem fazer uma competição. Eu e os animais da floresta, colocaremos uma faixa de chegada lá perto do bambuzal,  a primeira de vocês duas, que chegar no local, será considerada a campeã, e receberá todos os aplausos dos bichos.- Dando uma enorme risada, a lebre disse: Aceito!

A pobre tartaruga, embora sentindo-se humilhada, não deu o braço a torcer:

– Eu também aceito Bem-te-vi! Sei que minhas capacidades são limitadas, mas, não custa nada tentar!

– É assim que se fala dona Tartaruga, não devemos nos dar por vencido antes de ter competido!

A lebre e a tartaruga – A competição

Quando tudo estava já preparado para o desafio, o bem-te-vi deu a largada. A lebre com uma rapidez, desapareceu na frente, enquanto a tartaruga, se esforçando para arrastar o peso de seu casco seguia em linha reta.

O bem-te-vi voando, alcançou a lebre e sugeriu: – Dona lebre, para que correr tanto? Sabe muito bem que a tartaruga nem saiu das proximidades de sua casa! para que tanta pressa? Porque não deita um pouco e descansa, enquanto isso a molenga da tartaruga caminha, quando avistá-la lá na ponta, você se levanta e corre, chegando certamente na frente.

Ouvindo o bem-te-vi, a lebre concordou e logo caiu no sono! As horas passaram, a pobre tartaruga se esforçava mais e mais. Aproximando-se do local de chegada, ela viu a lebre deitada em profundo sono. Sem dizer nada continuou a difícil caminhada.

Ao despertar do sono, a lebre ouviu gritos e aplausos. Confusa ela balançou a cabeça e perguntou, o que está acontecendo? Contudo, correu velozmente em direção ao local de chegada foi surpreendida, quando viu todos os bichos aplaudindo a tartaruga, que acabar de atravessar a linha de chegada!

O bem-te-vi , rolava de tanto rir!   A tartaruga,entretanto, mal podia acreditar que havia vencido aquela disputa, e a lebre envergonhada, nunca mais teve coragem de afrontar a pobre tartaruga!

Moral da história ” Devagar e sempre, se chegará onde desejar”.

Fábula de Esopo – Adaptação Eline Costa

Autor da história: A lebre e a tartaruga

Essa fábula é atribuída à Esopo, um sábio e velho escravo da Grécia antiga, que educava o povo por meio de suas histórias e fabulas. Ele viveu no 6º século antes de Cristo.No entanto, várias adaptações são feitas aos longos dos anos.

Exercícios de leitura para fundamental I

  1. Escreva em seu caderno 3 adjetivos da tartaruga e 3 adjetivos da lebre
  2. Copie do texto: 4 palavras trissílabos  e duas dissílabos
  3. Por que o bem-te -vi quis ajudar a tartaruga vencer a corrida?
  4. O que acontece quando nos esforçamos para conseguir bons resultados?
  5. Você acha que a lebre fez bem em humilhar a tartaruga?

Você encontrará mais atividades na´demonstre seguindo esse link aqui

Proposta de atividade/dinâmica

  1. O professor levará as crianças para o pátio ou quadra
  2. Promova uma competição de passos largos
  3. A principio deverão competir todos os alunos
  4. o primeiro a chegar deve ser separado
  5. Repita a competição, e novamente selecione o primeiro.
  6. Repita até tirar os três vencedores, e faça a competição entre eles.

Atenção! Não vale correr, contudo, a competição precisará ser feita à passos largos!

Fim

Se você gostou da fábula a lebre e a tartaruga, no blog da demonstre tem mais! São várias fábulas de Esopo adaptadas, com atividades para serem desenvolvidas entre os pequeninos. Portanto, não esqueça de curtir e deixar seu comentário!

Um abraço e até breve!

O post A lebre e a tartaruga – História infantil apareceu primeiro em Demonstre.



This post first appeared on Demonstre Educação, please read the originial post: here

Share the post

A lebre e a tartaruga – História infantil

×

Subscribe to Demonstre Educação

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×