Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Cine TomaHawk Fit.

Olá pessoal trago a vocês o primeiro Cine TomaHawk Fit. aqui vamos falar tudo sobre a sétima arte (cinema), suas estréias, bilheterias, críticas, etc.

Para começar em alto estilo, trazemos o agente mais famoso e segurança especial da rainha britânica.


007 Operação Skyfall

Direção: Sam Mendes                                             Ano: 2012

Roteiro: Neal Purvis, Robert Wade e Jonh Logan    Genêro: Ação

Elenco: Daniel Craig, Javier Bardem, Judi Dench, Berenice Marlohe, Ralph Fiennes, Ben Wishaw, Naomi Harris, Helen McCrory, Albert Finney, Ola Rapace.

Nota: 7.5                         Duração: 142 minutos



Completando 50 anos da marca 007, Operação Skyfall está repleto de nomes conhecidos de longa data, destaque para Raul Silva (Javier Bardem), com uma interpretação fora do comum consegue tirar gargalhadas de toda a platéia com sua obsessividade e loucura, ex agente que se corrompeu ao passar dos anos e quer se vingar de M (Judi Dench) que mostra sinais de cansaço em seu papel, desde 1995 em 007 GoldenEye a agente M vem sendo a maior chefe do MI6 (quartel do departamento do Serviço Secreto Britânico). Outra figura carimbada é Ralph Fiennes (Gareth Mallory) já conhecido por seus trabalhos em A Lista de Schindler (Amon) e a série dos filmes de Harry Potter (Valdemort).

A direção de Sam Mendes trouxe muito mais dinamismo em Skyfall, muitas piadas e metáforas durante o filme foram inseridas, os clichês ainda continuam os mesmos, como meu nome é Bond, James Bond são característicos do agente, a sua fama de "pegador" ainda permanece intacta mesmo quase aos 50 anos.

A trama se desenrola de maneira fluída em quase toda sua extensão, com uma trilha sonora muito boa diga-se de passagem, a performance de Adele na abertura do longa com Skyfall, muito bem produzida por sinal, já deixa o clima sombrio em sua extensividade, as cenas de abertura ao som de Adele são um show a parte e vale a pena conferir.

Em vários momentos você se pergunta como esse cara faz isso, muitas cenas forçadas foram feitas em Skyfall, mas nada que tire o brilho do longa.

Resumo: Filme muito bom para se assistir até mais de uma vez, parece que desta vez 007 conseguiu deixar a idade de lado fazendo piadas consigo mesmo, em meio as renovações do mundo moderno, se você ainda não assistiu corra para o cinema mais próximo a aprecie este belo filme.


Cinema em Casa

Começando hoje também, em todas as matérias Cine TomaHawk Fit. teremos o Cinema em Casa, que falaremos sobre alguns filmes mais antigos que valem a pena ser lembrados e caso você ainda não o tenha assistido no cinema, vale a pena conferir.


Sem Limites

Direção: Neil Burger                  Ano: 2011

Roteiro: Leslie Dixon                 Genêro: Drama/Suspense

Elenco: Bradley Cooper, Robert DeNiro, Abbie Cornish, Anna Friel, Jennifer Butler, Johnny Whitworth e Robert Jonh Burke.

Nota: 8.5                      Duração: 105 minutos









O que dizer de Sem Limites ? Com certeza um dos filmes mais originais e bem tramados de 2011, com grandes atuações de Eddie Morra (Bradley Cooper) que vive um escritor mal sucedido com problemas com álcool e sem inspiração para escrever, mas isso tudo muda quando ele se encontra com Vernon (Johnny Whitworth) e ele lhe oferece um remédio chamado NZT que Vernon diz que com a sua utilização podemos acessar todo o potencial de nosso cérebro, Eddie não tem mais nada a perder já que está perdendo tudo ao seu redor, ele usa o NZT e sua vida começa a mudar. Termina o seu  livro em 4 dias e começa a trabalhar no mercado financeiro conhecendo assim Carl Van Loon (Robert DeNiro), que dá um show de interpretação no papel de um grande empresário que tem a fama de controlar o ambiente e as pessoas ao seu redor.

No desenrolar da trama vemos Eddie em apuros constantes, seja por agiotas ou pelo próprio NZT, o fim do filme guarda um dos melhores encerramentos de 2011, não chega a ser surpreendente pelo decorrer do filme, mas se torna uma obra prima por ver onde um ser humano consegue chegar se as coisas derem certo.

Se você ainda não assistiu Sem Limites (Limitless), corra para a locadora mais perto de você e veja este filme que não foi muito badalado, mas arrancou boas críticas da imprensa ao redor do mundo, e uma ótima crítica do Cine TomaHawk Fit.


Cine Rêtro

Aqui vamos sempre lembrar daquele filme que já foi um grande sucesso em tempos que alguns de vocês ou até mesmo eu não eramos nascidos, e que hoje em dia faz muita falta no cinema, salvo poucos filmes que conseguem atingir um patamar de envolvimento entre o personagem e o público, entre os deste estilo não poderia deixar de fora Forrest Gump: O Contador de Histórias.


Forrest Gump: O Contador de Histórias

Direção: Robert Zemeckis                 Ano: 1994

Roteiro: Eric Roth                             Genêro: Drama

Elenco: Tom Hanks, Robin Wright, Gary Sinise, Sally Field, Hale Joel Osment e Mykelti Williamson

Nota: 9.0                        Duração: 142 minutos.







Tom Hanks faz juz a sua excelência como ator no papel de Forrest, um homem que conta a história da sua vida em um ponto de ônibus para pessoas que estão esperando, premiado com o Oscar de melhor ator Tom enche os olhos com sua simplicidade e inocência.

Forrest é um homem criado em uma fazenda isolada da cidade, com problemas para se locomover perfeitamente, ele sofre durante a infância com o maltrato a dos amigos (que não são muito bem amigos) e precisa correr para se livrar do assédio dos garotos, ainda guardando umas das cenas mais emocionantes do cinema durante este ato.

Com o passar do tempo Forrest cresce, porém a sua inocência continua intacta, ele serve ao exército e conhece o Tenente Dan Taylor (Gary Sinise) e se torna um homem condecorado perante todo os Estados Unidos da América, ainda no exercito ele entra para o time do Exército de Tênis de Mesa e acaba mais uma vez se sagrando com um dos melhores do mundo.

De volta a vida real Forrest tem a esperança de encontrar sua antiga amiga Jenny Curran (Robin Wright) por quem ele é perdidamente apaixonado desde a sua infância. Um filme bastante longo e com muitas reviravoltas, muitos filmes hoje em dia usam referências de Forrest Gump.

Bom, não consigo dizer tudo sobre Forrest Gump: O Contador de Histórias, pois ainda existem pessoas por aí que não assistiram o filme, mas posso dizer que o grande vencedor do Oscar de 1995 é um filme para deixar em sua coleção.


Ficamos por aqui essa semana pessoal, mas aguardem que semana que vem tem mais Cine TomaHawk Fit. com mais lançamentos do cinema, filmes em DVD e películas mais antigas, esta matéria irá ao ar toda terça e quinta e será redigida por mim, Robert Gama (Um dos Fundadores da TomaHawk Fit.), espero que tenham gostado e fiquem a vontade para comentar ou sugerir algum filme para que nós possamos fazer uma análise.

Robert Gama








This post first appeared on TomaHawk Fit., please read the originial post: here

Share the post

Cine TomaHawk Fit.

×

Subscribe to Tomahawk Fit.

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×