Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Homem dado como morto pela Segurança Social ficou sem pensão

Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social garantiu ao Notícias Ao Minuto que se tratou de um erro informático e que o valor das pensões em atraso será devolvido nos próximos dias.

Um homem de 81 anos foi dado como morto pela Segurança Social. Ermenegildo Tavares reformou-se há mais de 20 anos devido a uma doença grave.





Com 81 anos, o ex-taxista teve conhecimento de que o Instituto da Segurança Social tinha-o como morto. “Eles dizem que sim”, contou à TVI.
O pensionista do Porto descobriu o erro depois de ter recebido uma carta endereçada aos seus herdeiros. “A carta do IRS, quando vi que era para os herdeiros fiquei um pouco assustado. Fui à Junta de Lordelo do Ouro para passar um atestado como prova de vida. A Sra. Drª da Junta ligou para Lisboa e eles lá disseram-lhe que eu estava morto. Depois conseguiram uma marcação em Gaia, lá também me disseram que estava morto”, relatou.
Desde dezembro que Ermenegildo não recebe a pensão de 280 euros. “É vergonhoso. Gostaria de saber onde é que eles têm a certidão de óbito. É uma brincadeira que me entrou no bolso”, explicou.
O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social garantiu ao Notícias Ao Minuto que se tratou de um erro informático. No entanto, fonte oficial assegurou que a tutela já tinha dado pelo erro, sendo que o lapso já foi retificado e a pensão relativa a dezembro, janeiro e fevereiro será paga nos próximos dias.

IN:NM


This post first appeared on DragTeam, please read the originial post: here

Share the post

Homem dado como morto pela Segurança Social ficou sem pensão

×

Subscribe to Dragteam

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×