Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Urdangarin usou palácio real para fazer negócios

Infanta Cristina ouviu outro arguido dizer que o marido negociou com o governo das Baleares na residência de verão dos reis.


A infanta Cristina acreditava que não voltaria a sentar-se no banco dos réus, mas essa não foi a decisão das juízas de Palma de Maiorca. Ontem, às 08.50, chegou ao tribunal com o marido, Iñaki Urdangarin, para a declaração do primeiro arguido do processo de fraude fiscal. E ouviu José Luis Ballester, antigo diretor-geral de Desporto do governo das Baleares, dizer que o ex-duque de Palma chegou a negociar os contratos com o executivo das ilhas no Palácio de Marivent, residência de verão dos reis de Espanha.Ballester, ex-campeão olímpico de Vela, assegurou que foi o antigo presidente do governo das Baleares Jaume Matas, entre 2003 e 2007, o responsável pela contratação do marido da infanta. "O objetivo era contratar Urdangarin e tudo o que vinha com ele, não tenho dúvida de que a ordem vinha de Matas", explicou.

dn


This post first appeared on DragTeam, please read the originial post: here

Share the post

Urdangarin usou palácio real para fazer negócios

×

Subscribe to Dragteam

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×