Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Startup brasileira cria ‘café sólido’ e vende mais de 1 milhão de unidades em um ano

O habitual cafezinho brasileiro já pode ser degustado em estado sólido. A startup Cafene Innova está oferecendo ao mercado nacional o café comestível BitCoffee, em três sabores: expresso, cappuccino e café com leite. E não se trata de biscoito ou chocolate, mas sim de uma massa constituída exclusivamente de café, do tamanho de um grão de café.

O “café de comer” é feito a partir do grão 100% arábica premium produzido em duas fazendas, em Minas Gerais e São Paulo. E chama atenção pela qualidade nutritiva.

“Para se ter uma ideia, conseguimos gerar uma massa que preserva 85% de todas as ofertas nutricionais do grão, diferentemente da bebida líquida, que retém até 90% [dos nutrientes] em sua borra”, disse o gerente de novos negócios da Cafene, Alexandre Pregnaca, ao jornal mineiro Diário do Comércio.

Fonte de energia, proteína, sais minerais e antioxidantes naturais, o Bitcoffee também conserva o sabor e o aroma do café. Além disso, não usa aditivos artificiais e disponibiliza versões com açúcar zero.  É vendido em embalagens individuais de cinco gramas e em caixas de trinta gramas, contendo dez unidades.

Localizada no Espírito Santo, a fábrica do BitCoffee tem capacidade para processar 32 toneladas de massa de café por mês e em um ano, vendeu mais de 1 milhão de unidades.

CREME, BOMBOM, CACHAÇA E CERVEJA DE CAFÉ

Ao site Food Service News, o empresário afirmou que o produto disponibiliza ao mercado um novo hábito de consumo de café. E contou como surgiu a ideia do café comestível:

“O desejo era a elaboração de um energético natural, algo que tivesse harmonia com a nossa fisiologia. E durante a pesquisa histórica, deparamos com a paixão que o café acende nas pessoas, o que nos induziu a pensar se não haveria outra forma de consumi-lo, sem ser como bebida.”

O gerente afirmou ainda que a recepção ao novo produto tem sido boa em apresentações em feiras nacionais e internacionais. De início, disse ele, as pessoas o associam a chocolate, por conta da textura, da coloração e da própria experiência. Depois, surpreendem-se ao saber que estão consumindo somente café e que a matéria-prima não inclui cacau.

A Cafene Innova também criou um creme de café para passar no pão ou ser usado como recheio de bolos e doces. Outros produtos que desenvolve são bombons de café em versões diversas, uma cachaça com café especial coado e uma cerveja com café.

Pregnaca se disse confiante no crescimento do consumo do café comestível, mas admitiu que isso pode demorar.

“O café solúvel hoje é a segunda bebida mais consumida do mundo, após a água. Temos um longo caminho para apresentar nosso produto ao mundo, mas ter o café disponível em qualquer lugar, a qualquer hora, é nosso grande objetivo e estamos preparados para isso.”

Ele acrescentou:

“Estamos escrevendo uma nova página na história do café no mundo. O consumidor está cada vez mais exigente, então, novas opções de consumo são sempre bem-vindas, além de toda praticidade de consumo de nossos produtos.”

A startup é uma extensão da Brascase Brasil, empresa do ramo de exportação e importação que atua no mercado brasileiro e internacional desde 1987.

O post Startup Brasileira Cria ‘café sólido’ e vende mais de 1 milhão de unidades em um ano apareceu primeiro em Portal de Pinhal - Notícias de Espírito Santo do Pinhal.



This post first appeared on O Portal De Espirito Santo Do Pinhal - Noticias E Turismo, please read the originial post: here

Share the post

Startup brasileira cria ‘café sólido’ e vende mais de 1 milhão de unidades em um ano

×

Subscribe to O Portal De Espirito Santo Do Pinhal - Noticias E Turismo

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×