Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Invisível- Tarryn Fisher



Olá pessoas!! Tudo bem com vocês? 

Hoje eu finalmente trouxe a resenha de Invisível (Faro Editorial, 2020, 256 p.) da Tarryn Fisher. Fisher já é conhecida por ser uma autora ousada, mas eu não estava esperando o que encontrei neste livro. 

Margô vive com a sua mãe na “Casa que devora” uma casa caindo aos pedaços, que a mãe herdou localizada em um bairro onde as pessoas sobrevivem, pois foram esquecidos. Ela narra a rotina da (falta de) dinâmica entre ela e a mãe, que a ignora por muitos anos, mas que só lembra de sua existência quando tem que dar ordens. 

O fato de Margô se sentir sozinha, ignorada ou até mesmo invisível faz com que ela estranhe quando Judah, um cadeirante morador do bairro, inicia o contato e é solícito, fazendo questão de ter uma amizade com ela. A amizade entre os dois é algo muito importante porque eles aprendem um com o outro sobre as diferentes perspectivas de vida. 


Mas tudo muda na vida de Margô quando uma garotinha de 7 anos, desaparece no seu bairro. Ela e Judah começam a investigação por conta e ao descobrir quem é o culpado, uma chavinha muda dentro ela e um senso de justiça nasce dentro de si, porque deixar impune não é uma opção. 

Essa foi a primeira vez que eu tive contato com o lado mais sombrio da escrita da Tarryn Fisher e assim como nos outros livros que eu já li dela, a mulher não tem medo de ousar. Porque ousada é o único adjetivo que cabe aqui. 

Você inicia o livro e pensa que tá tudo muito morno, monótono que não tem como aquele cenário mudar e eis que ‘cataploft’, num virar de página um plot twist cai sobre o seu colo!! 


Conforme as coisas vão acontecendo, você sente medo, fica assustado, tem muitos sentimentos conflitantes. No entanto, a forma fluida com que ela escreve faz você superar tudo isso. 

É uma leitura inquietante, mas ao mesmo tempo te instiga a refletir sobre as ações da Margô e até que ponto consegue testar o próprio limite. O enredo secundário da relação dela com a mãe, que depois de perder o emprego passou a se prostituir, é de extrema importância, porque nós dá um panorama do porque a Margô é assim. 

Enfim, é uma leitura mais que recomendada e ainda faço um adendo: se você quiser ler esse livro, procure saber o menos sobre ele. Para ser surpreendido na leitura. Espero que tenham gostado da resenha. Um beijo enorme e até a próxima!! 
















RSS FeedRSS/Feed - Receba automaticamente todos os artigos deste blog. Clique aqui para assinar nosso feed. O serviço é totalmente gratuito.











This post first appeared on Menina Da Bahia, please read the originial post: here

Share the post

Invisível- Tarryn Fisher

×

Subscribe to Menina Da Bahia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×