Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Eles não ouviam o meu chamado, E tudo era silêncio. -Dag Hammarskjold, Secretário-Geral da ONU

A lua entremeada nos galhos: Preso por seu voto, Meu coração pesava. Nuas contra a noite As árvores dormiam. “Contanto, Seja feita não a minha vontade…” O fardo continuava meu: Eles não ouviam o Meu Chamado, E Tudo Era silêncio. -Dag Hammarskjold, Secretário-Geral da ONU



This post first appeared on Poesia Divina, please read the originial post: here

Share the post

Eles não ouviam o meu chamado, E tudo era silêncio. -Dag Hammarskjold, Secretário-Geral da ONU

×

Subscribe to Poesia Divina

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×