Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Tipos de intercâmbio

Tipos de intercâmbio
Fonte

Morar fora, para muitos brasileiros, é sempre um sonho que temos, posso falar isso de experiência própria porque foi algo que quis fazer a minha vida inteira. E felizmente ano passado eu tive a grande oportunidade de vivenciar essa experiência pelo Ciência sem fronteiras, eu falo um pouco do programa aqui no blog, vou deixar o link de alguns posts aqui para vocês entenderem o processo.

Mas especialmente pro post de hoje eu decidi falar um

pouquinho mais das opções de intercâmbio que existem por ai. O Ciência sem fronteiras é apenas mais uma dessas opções, e apesar de ser pago pelo governo não é um programa em que todos possam participar, porque exige requisitos como: estar fazendo um curso de graduação e o TOEFL. Mas além desse programa várias empresas especializadas em intercâmbios tem diversas opções para nós.

Cursos de Idiomas

O tipo mais comum de intercâmbio é aquele que você faz para aprender a língua do país para onde você quer viajar.  Mas ao fazer um curso de idioma no exterior, além de aprender uma nova língua, você também vivencia a cultura e o dia a dia do país. Esses cursos podem ter durações curtas de 2 semanas por exemplo, ou podem também ser mais longos, chegando a 32 semanas ou mais, dependendo da empresa que você contratou. Nessa modalidade de intercâmbio você faz um curso de línguas no seu país de escolha, podendo optar por um curso intensivo ou semi-intensivo, a diferença aqui vai ser a carga horária

de aulas que você vai ter. Outra coisa interessante dessa opção é que qualquer pessoa pode participar, pessoas de quaisquer idades podem optar pelo curso de idiomas no exterior.

High School

Já a opção de fazer o high school, ou ensino médio lá fora, é uma opção apenas para adolescentes com idades entre 15 e 18 anos. Ao optar fazer o high school em um país estrangeiro você além de estar estudando em uma escola estrangeira você estará inserido na realidade dos nativos daquele país porque você vai morar com uma família. O ganho de cultura e de experiência nesse tipo de intercâmbio é ainda maior, porque você vai estar envolvido com a rotina diária de um família estrangeira, estará envolvido em seus costumes. Será uma oportunidade não apenas de você aprender com aquelas pessoas, mas elas também aprenderem com você

Estudo e trabalho

Essa modalidade de intercâmbio como o próprio nome diz vai ser onde você vai dividir o seu tempo com um curso de idiomas e com um trabalho remunerado. Quando você contrata uma empresa, por exemplo, o que você vai fazer é se aplicar para um curso com um duração específica e ir atrás de uma vaga de emprego. No geral as empresas fornecem apenas o curso de idiomas, tendo o estudante que ir atrás de um emprego. Porém as empresas tentam ajudar o estudante da forma que podem, com instruções para fazer um currículo no formato usado pelo país, além de geralmente possuir um banco de vagas no sistema para facilitar a procura de emprego pelo candidato.

Universidade

Cursar uma graduação lá fora é um pouco mais complicado, geralmente o que tem que ocorrer é um convênio entre a sua universidade aqui no Brasil com outra universidade estrangeira. Na minha universidade, por exemplo, ela possui um convênio com a Universidade Politécnica de Turin na Itália, portanto os alunos têm a possibilidade de obter um duplo diploma nas duas universidades. Outra opção que apareceu nos últimos anos é o Programa do governo que eu falei anteriormente no início do post, o Ciência sem fronteiras. Nesse programa o governo brasileiro patrocina a viagem do estudante para fora em uma universidade estrangeira por um ano, toda a viagem é custeada pelo governo brasileiro, com exceção da tirada do visto.

Au Pair

Essa modalidade de intercâmbio, infelizmente possui alguns pré-requisitos que impossibilitam algumas pessoas de participarem. Um programa de Au pair, resumidamente, é um programa em que você vai para trabalhar como babysitter (babá) de uma família estrangeira. A acomodação e alimentação é toda custeada pela família que você foi designada, além de receber semanalmente uma espécie de salário por estar cuidando das crianças. Você será responsável por cuidar das crianças, dar comida, podendo ter que levar na escola, brincar com elas, além disso, cuidar da casa também. E como eu disse essa modalidade de intercâmbio tem alguns pré-requisitos que impossibilitam a participação de algumas pessoas. Restrições como o sexo, apenas mulheres podem se candidatar para uma vaga de au pair, além de ser exigida experiência comprovada de trabalho com crianças.

Então é isso pessoal, eu espero que o meu texto tenha ajudado um pouco vocês a definirem por qual tipo de processo vocês preferem passar para fazer um intercâmbio lá fora. Tem algum outro programa ou opção da qual eu não falei aqui no texto? Se tiver deixa ai nos comentários para podermos descobrir novas formas de ter essa experiência incrível. Obrigada por lerem até aqui e muito obrigada pela visita! Espero que meus outros textos possam ajudar vocês também de alguma forma.




This post first appeared on Por Thais Ribeiro, please read the originial post: here

Share the post

Tipos de intercâmbio

×

Subscribe to Por Thais Ribeiro

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×