Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Foram os bebês que fizeram a inteligência humana se desenvolver, diz nova teoria

A inteligência Humana intriga os próprios seres humanos. Com nossos cérebros robustos e superdesenvolvidos, somos capazes de entender as leis que nos governam e entender causas e consequências de ações.

bebe-baby-740x357

No entanto, a inteligência humana ainda é motivo de mistério. Como desenvolvemos nossa cognição ao longo dos séculos? Por que, nesse sentido, estamos tão acima dos demais animais? E, especialmente, por que nosso cérebro é tão mais desenvolvido do que o restante de nosso corpo?

Um novo estudo, divulgado pela Universidade de Rochester, nos Estados Unidos, tem uma resposta inesperada para o motivo da inteligência humana. A pesquisa, feita pelos neurocientistas Steven Piantadosi e Celeste Kidd e divulgada na revista da Academia Nacional de Ciência dos Estados Unidos, aponta que a incapacidade dos bebês humanos, tão frágeis, é a responsável pela nossa cognição evoluída.

É simples de entender o motivo apontado pelos pesquisadores: os bebês são tão indefesos que é necessário ter uma inteligência acima do normal para protegê-los. Isso fez a diferença há milênios, quando ainda estávamos entre outros animais. Agora, estamos basicamente isolados do restante da natureza.

Comparação na natuerza

Bebês humanos são, sem dúvida, incapazes de fazer qualquer coisa. Precisam de alguns anos até que possam, minimamente, sobreviver. Nos dois primeiros meses, não conseguem nem levantar a cabeça sem ajuda. Só conseguem se sentar sozinhos a partir dos seis.

Os primeiros passos de bebês humanos só vem, geralmente, depois de um ano. E, até pelas dificuldades sociais impostas por nós mesmos, muitas pessoas precisam de passar algumas décadas ao lado dos pais até que possam viver por conta própria.

Por outro lado, filhotes de muitas outras espécies já nascem independentes e capazes de desempenhar tarefas de início. Tartaruguinhas, por exemplo, se lançam da areia para o oceano sem a ajuda de suas mães. Já bebês-girafas conseguem escalar e caminhar por conta própria apenas algumas horas após o nascimento.

Por que isso acontece?

Há um motivo para que bebês humanos demorem tanto para se desenvolverem. O tempo extra que precisamos é, justamente, devido ao cérebro com alto potencial de evolução, que torna a espécie diferente das demais. O processo de aprendizagem é mais complexo, mas apresenta mais resultados.

Animais com infância independente precisaram se adaptar a condições ambientais. Isso se alia a questões de comportamento de cada espécie.

Trata-se de um ciclo: bebês incapazes exigem pais inteligentes, que geram bebês mais “cabeçudos” e, consequentemente, demandam pais ainda mais espertos.

Como provar a origem da inteligência humana?

Não é possível provar, efetivamente, a origem da inteligência humana. Não existe nenhuma forma de reproduzir o nosso processo evolutivo em laboratório, pois, claro, estamos falando de milênios.

Por outro lado, os cientistas conseguiram programar o modelo matemático da evolução humana em um computador. O resultado, segundo eles, bate com a teoria – tanto com a dos humanos quanto com a dos outros animais.

Essa não é a única teoria sobre a inteligência humana. Existe um conjunto de fatores que justificam a evolução humana. No entanto, a “teoria dos bebês incapazes” parece ser a mais coesa.

O post Foram os bebês que fizeram a inteligência humana se desenvolver, diz nova teoria apareceu primeiro em Pensador Anônimo.



This post first appeared on Pensador Anônimo - Pensador Anônimo, please read the originial post: here

Share the post

Foram os bebês que fizeram a inteligência humana se desenvolver, diz nova teoria

×

Subscribe to Pensador Anônimo - Pensador Anônimo

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×