Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Creche em Ottawa

creche em Ottawa

Eu já falei aqui breviamente aqui no blog sobre escolas primárias no Canadá, mas me liguei que nunca citei nossa experiência com creches no Canadá
Por motivos óbvios, minhas opiniões e experiências sobre esse assunto (e bem dizer, a maioria dos assuntos) não são um comparativo com o que acontece no Brasil, mas sim simplesmente nossa experiência até agora.
Tem também, creches, regras e atividades não são todas iguais, Mesmo dentro do Canadá, ou mesmo, dentro de Ottawa. Então os relatos daqui são bem pessoais e podem sim variar de lugar para lugar.

Bem, em Ontario, basicamente há dois tipos de creches, aquelas que são tipo escolas e aquelas que são em casas. As escolinhas, ou daycare centres, tem uma estrutura de geralmente maior, com diversos monitores e com uma rotina bem estabelecida. Já as em casas, ou home daycares, são nas casas de algumas pessoas mesmo, geralmente nos basements ou andar subterâneo e com menos crianças.
Se você estiver procurando daycare centre em Ontario, faça a busca no site aqui.

Creche em Ottawa
Diana concentrada em colocar as luvas para voltar pra casa no fim do dia.

Nós tivemos uma breve experiência com home daycares quando Alice era ainda pequeninha, ainda quando morávamos em Gatineau. Ela não se adaptou e acabou sendo convidada a esperar mais um pouco ou tentar outro lugar (tipo expulsa, a gente brinca). Acho que não foi necessariamente ligado (de ela não ter se adaptado) de ser uma home daycare e não centre.
Já depois que mudamos para Ontario, tentamos novamente, porém desta vez, em um centro e apesar de termos um período de adaptação cheio de lágrimas e estresse, ela acabou de acostumando e ficou por lá até começar na escola. Diana seguiu no mesmo caminho e assim que completou 18 meses, começou no mesmo centro e está lá até hoje.

A caminho da creche no estilo canadense de inverno...hehe


A estrutura lá é bem simples, sem luxos, mas bem organizado, há uma sala para toddlers (de 18 a 30 meses) e outra para preschool (de 30 a 48 meses). Cada creche tem seu limite de crianças conforme o tamanho das salas e infraestrutura. No caso da nossa, o limite são 44 crianças. Cada creche tem diferentes idades e número máximo de crianças.
Há também uma área comum, ao ar livre, onde as crianças vão 1 ou 2 vezes por dia (se o clima permite). Eles saem no inverno, desde que a sensação não esteja inferior a -15ºC (mais ou menos) e no verão o limite é +30ºC (de sensação térmica, também, estimado). 
Como a maioria das crianças ficam por lá o dia todo, há 3 refeições que são fornecidas para todos. Café-da-manhã, almoço e lanche da tarde. A comida é fornecida por uma empresa tercerizada e o menu repete algumas vezes por mês. Acho legal que o cardápio é bem variado e tem intuito de ser nutritivo e não "convencional" com comidinhas de criança, incluindo, entre outras coisas, peixe, massa com molhos mais elaborados, sopas não tradicionais, pães com vegetais disfarcádos, frutas e verduras. Além de ser servido apenas água e leite. 
Os monitores, na sua maioria, são profissionais da área de educação infantil. Há também algumas meninas fazendo estágio por lá quando estão terminando o college nesta área.

As crianças aprendem a ser independentes desde cedo, são ensinados a colocar a sua própria vestimenta (especialmente no inverno), ir ao banheiro sozinhas (no caso da creche delas, é sem portas), lavar as mãos depois e tal e a comer sem tanto auxílio.

Acho também bem interessante a abordagem em relação as regras. Não há muito espaço pra manhas ou exceções. Tipo se é hora de ir brincar ao ar livre, todos vão, mesmo que não queiram. Todos são ensinados a juntar os brinquedos após terminarem de brincar de tal coisa. Quando chego buscar Diana no final do dia, as crianças estão, a maioria, sentadinhas, cada uma com sua atividade (ou em grupos). Quando ela me vê, primeiro guarda o que estava brincando e aí vem me abraçar (acho tão fofo).
Ao mesmo tempo, não acho os monitores rudes ou frios, só mantenham a firmeza e consistência nas diretrizes. Afinal, criança precisa de rotina e regras mesmo né.

Também gosto muito que não há televisão no creche e que os brinquedos são intuitivos e menos comerciais. Claro, há também brinquedos "normais" como bebês e carrinhos.

Tem dias de cabelo doido, roupa virada, ir de pijama e usar camisetas esportivas na creche. Eles avisam dos dias "especiais" no começo do mês.


Como nada é perfeito, as creches custam caro por aqui. As creches em casa (home daycares) tem geralmente uma mensalidade mais em conta. Os centres em Ottawa custam, no mínimo, uns $50 por dia, para preschoolers (2.5 a 4 anos de idade) e um mínimo valor praticado sobe um pouco para toddlers e infants (1.5 a 2.5 anos de idade / bebês de 0a 18 meses). Há subsídio disponível para quem tiver uma renda mais modesta e provar a necessidade de ajuda financeira (tem que fechar com alguns pré-requisitos). Dependendo da renda, é maior ou menor a ajuda de custo. Pelo que eu vi rapidamente, uma renda de $75mil por ano já não dá um retorno significativo (pelo menos para os valores praticados aqui em Ottawa - veja as regras aqui).


Beijos e até o próximo.




This post first appeared on Like A New Home, please read the originial post: here

Share the post

Creche em Ottawa

×

Subscribe to Like A New Home

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×