Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Crise do vazamento.

Foto: Folha Vitória.
Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S.Paulo, o Vazamento de informações que resultou na reportagem da revista Veja — que sugere haver ligações escusas entre o ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal, e o empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS — parece ter gerado também um racha entre os procuradores que atuam na operação “lava jato” e os que são mais próximos ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot. “O grupo de Janot era contra a inclusão do nome de Toffoli no acordo, já que as informações preliminares dadas pela OAS não configuravam nenhum crime”, afirma a jornalista. Ela também diz que uma das fontes desse vazamento teria partido dos procuradores lotados no Paraná, que, irritados por não poderem investigar Toffoli, que tem prerrogativa de foro, começaram a divulgar a informação informalmente.


This post first appeared on Job. Nascimento, please read the originial post: here

Share the post

Crise do vazamento.

×

Subscribe to Job. Nascimento

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×