Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Justiça do Paraguai concede prisão domiciliar para Ronaldinho Gaúcho

Ex-jogador e o irmão, Assis, ganharam o direito de se transferir para um Hotel quatro estrelas na capital Assunção.


Após 32 dias em uma cadeia do Paraguai, o ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o irmão Assis conseguiram mudar para regime de prisão domiciliar. A decisão foi concedida nesta terça-feira (7) e solicita que a dupla se mantenha em um hotel na cidade de Assunção até a finalização do processo na Justiça. A acusação é o uso de passaportes falsos no país.

Como garantia que o ídolo do Barcelona não vai fugir, a defesa efetuou um depósito de 1,6 milhão de dólares junto ao Banco Nacional de Fomento. Se Ronaldinho sumir, o Governo do Paraguai poderá resgatar o dinheiro.

Antes, os advogados dos brasileiros haviam tido três recursos negados. Agora, a Justiça determinou custódia policial permanente no hotel do ex-atleta.

Para a transferência ser efetivada, basta uma aceitação por parte de Ronaldinho e Assis. Sob risco de contaminação do novo coronavírus, os irmãos não participaram in loco do julgamento e devem enviar uma resposta através de videoconferência concordando ou não com a sentença.

O novo alojamento do astro deve ser o Hotel Palmaroga, avaliado como de quatro estrelas, no centro da capital Assunção. A diária média custa 64 dólares.

Via DN
Foto AFP


This post first appeared on Diário Sobralense - News, please read the originial post: here

Share the post

Justiça do Paraguai concede prisão domiciliar para Ronaldinho Gaúcho

×

Subscribe to Diário Sobralense - News

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×