Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Entenda tudo sobre a nutrição capilar e saiba como escolher o tratamento.

Oi gente!

Hoje tem dicas para nutrir seu cabelo e deixá-lo sempre saudável. A definição adequada da técnica usada e dos produtos garante resultados mais satisfatórios.

O cronograma capilar é uma agenda de tratamento que visa atender às principais necessidades do cabelo por meio de etapas que incluem a nutrição capilar, hidratação e reconstrução dos fios.

Ele apresenta resultados satisfatórios para melhorar a aparência dos fios, mas seu efeito mais completo ocorre com a recuperação dos fios muito danificados no longo prazo a partir de uma rotina eficiente de cuidados.

A seguir apresentamos melhor uma das etapas do cronograma, a nutrição capilar, explicando o que é exatamente e como fazê-la. Confira!

O que é a nutrição capilar?

A nutrição capilar consiste na etapa do cronograma que visa devolver a oleosidade saudável do cabelo, sendo recomendada quando os fios estão danificados, sem movimento e opacos.

A função da nutrição é devolver os lipídios do cabelo, de forma que a principal indicação é quando os cabelos estão ressecados – ou preventivamente para evitar que isso aconteça.

Para recuperar a oleosidade perdida recomenda-se utilizar óleos vegetais, como o óleo de coco, ou optar por máscaras nutritivas que tenham óleos e manteigas na formulação.

Destaca-se que muitas pessoas afirmam que vão fazer a nutrição capilar para devolver os nutrientes aos fios. Apesar do controle de frizz e aparência mais brilhante, hidratada e macia, esse tratamento não nutre os fios.

O que ocorre é que produtos tópicos – sejam ou não naturais– não conseguem nutrir o cabelo, processo que só é possível com uma alimentação saudável ou suplementação de nutrientes em falta no organismo.

Dessa forma, a nutrição capilar é importante, mas deve ser acompanhada de uma dieta saudável que priorize alimentos naturais como vegetais, leguminosas, oleaginosas e frutas.

Quais os benefícios desse tratamento?

Ao repor os lipídios e devolver a oleosidade natural dos fios, a nutrição capilar apresenta uma série de benefícios, como:

• Promove mais brilho aos cabelos;

• Melhora o caimento e movimentação dos fios;

• Reduz e controla o frizz;

• Combate o ressecamento;

• Previne as pontas duplas;

• Sela os fios, prolongando os resultados da hidratação.

Para que esses benefícios sejam observados a nutrição capilar deve ser realizada em intervalos regulares e fazer parte de um cronograma capilar completo.

Como fazer a nutrição capilar?

Com tantas vantagens, muitas pessoas querem fazer a nutrição, mas existem diferentes tratamentos e produtos que podem ser usados influenciando os resultados. Existem dois tipos principais de nutrição:

• Máscaras: são utilizadas máscaras de tratamento, em geral, ricas em ceramidas para devolver os lipídios capilares;

• Umectação: consiste no uso de óleos vegetais in natura, como óleo de coco, azeite de oliva, óleo de argan e abacate. Podem ser usadas ainda manteigas, como de cacau e karité.

Para um resultado mais satisfatório deve-se avaliar tanto o produto que será usado como também a técnica. Conheça as três principais opções de tratamento a seguir!

Umectação

A umectação é recomendada para quando os fios estão mais danificados e ressecados. Nesse caso deve-se escolher o óleo vegetal que será usado, como de coco, argan ou oliva.

Após uma limpeza deve-se passar o óleo em toda a extensão dos fios e massagear. A recomendação é deixar o produto agir por cerca de duas horas e, em seguida, retirar tudo com uma limpeza completa.

Para quem tem os fios mais ressecados, é indicado que a umectação seja realizada semanalmente. Para quem tem os fios mais oleosos, mas deseja fazer a nutrição para dar maciez e brilho aos fios a técnica pode ser feita a cada 15 dias.

Máscara Nutritiva

Outra opção de tratamento nutritivo capilar é a com máscaras que utilizam óleos ou manteigas na formulação.

Nesse caso a aplicação pode ser realizada dividindo o cabelo para chegar a todas as regiões ressecadas evitando o couro cabeludo. Para esse tratamento, verifique as recomendações da embalagem.

Em geral, o produto pode ser deixado agindo por cerca de 20 minutos ou mesmo ser usado durante o banho.

Máscara de Hidratação + Óleo Capilar

Cada vez mais comuns, você também pode optar pelas famosas misturinhas, que unem as máscaras de hidratação com óleos vegetais.

Escolha um creme de hidratação mais leve e adicione o óleo de sua preferência, como de coco, argan ou abacate. Misture e aplique no cabelo úmido.

Esse tratamento garante um cabelo mais hidratado e também devolve a oleosidade natural dos fios para que eles fiquem macios e brilhosos.

Quando consultar um médico especialista em cabelos?

Apesar das recomendações de como escolher a técnica de nutrição capilar e os produtos é sempre importante uma avaliação profissional do que tem causado os problemas capilares.

Por exemplo, em caso de quebra dos fios ou queda, o cronograma capilar pode se mostrar pouco efetivo em reverter o quadro.

Os problemas capilares podem ter origem em várias questões, como tendência genética, desnutrição alimentar, fungos e bactérias e outros. Por essas razões, a avaliação especializada é sempre recomendada.

Um médico especialista em cabelos é o profissional mais apto a avaliar o quadro para identificar as causas do problema e também recomendar o tratamento mais adequado. No caso da nutrição capilar ele pode indicar os produtos e técnicas mais apropriadas às necessidades do paciente.

Gostaram das dicas?

Beijos



This post first appeared on Dicas By Dani, please read the originial post: here

Share the post

Entenda tudo sobre a nutrição capilar e saiba como escolher o tratamento.

×

Subscribe to Dicas By Dani

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×