Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

CONDUZIR ESTATÍSTICAS

Conduzir ou condicionar respostas a inquéritos, sejam eles para estatística ou apenas para mostrar tendências, é extremamente fácil e tem sido uma arma que se usa muito para manipular a opinião pública.

Não se pode afirmar com segurança que exista manipulação nas consultas de opinião, porque é sempre um terreno escorregadio, mas também é verdade que se fizessem as mesmas perguntas de modo diferente os resultados seriam muito diferentes.

Um dos títulos da comunicação social destes dias, diz que a “maioria dos portugueses concorda com o Fim Dos Cortes mas não com as 35 horas”, relativamente à função pública, evidentemente.

Utilizando perguntas simples como, concorda ou não concorda com isto ou aquilo, especialmente quando nos referimos a “outrem”, os resultados podem bem ser estes, até porque” à pála” do fim dos cortes dos salários na função pública, os salários do sector privado aumentaram 4,5%, segundo a mesma comunicação social.

Falando sobre as 35 horas, onde grande parte do sector privado já as pratica, e outra parte, menor, não o faz, a pergunta podia ter sido mais justa, podendo ser “em Portugal os horários de trabalho deveriam ter como limite as 40 ou as 35 horas semanais?”. Certamente teriam sido muito diferentes as percentagens, acreditem-me.


Como diria um meu amigo brasileiro: pimenta no cu dos outros para mim é refresco.   


This post first appeared on Zé Povinho, please read the originial post: here

Share the post

CONDUZIR ESTATÍSTICAS

×

Subscribe to Zé Povinho

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×