Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Resenha One Piece 822 - Comentários e easter egg's

E aí galera! Mais um capítulo bem legal e com um final que deixa aquele gostinho de quero mais, One Piece vem se superando com o arco Zou! Agora nós temos um panorama da atual situação e todos os possíveis movimentos da aliança pirata nos próximos arcos. Além disso, nós temos a introdução de um dos eventos mais aguardados do mangá no finalzinho. Bora comentar esse capítulo!




A capa



Os ex-gerentes de Brook ficam com raiva do esqueleto ao ver que ele anda ganhando fama no Novo Mundo e causam tumulto num prostíbulo do arquipélago Sabaody. Após mostrar a família dos mugiwaras Oda vem mostrando as pessoas que fizeram companhia/treinaram os mugiwaras no timeskip. Com essa capa restam apenas: Wetheria (Nami), Boin (Usopp), Kamabakka (Sanji), Kuraigana (Zoro), Amazon Lily (Luffy) e onde quer que Raylegh esteja (talvez o bar da Shakky?). Depois disso, talvez veremos ainda a Ilha Dos tritões, Jinbe e Shanks com Yasopp. 



O pós "batalha"

Após a incrível batalha que se encerrou em três páginas com uma gigantesca trombada do elefantão Zunisha, é mostrado os médicos fazendo um mutirão pra ajudar Chopper a fazer os curativos no grandalhão. Notem que o mink médico menciona o "Reino de Sakura" ao invés de "Drum" ao elogiar Chopper falando da combinação de técnicas médicas entre o reino de Torino e Sakura. Quem acompanha apenas o anime não vai sacar essa, mas durante o timeskip de dois anos o antigo reino de drum foi reorganizado por Dalton, Kureha e os médicos e se tornou o "Reino de Sakura". Sakura significa cerejeira, então não existe nome mais apropriado. Além disso, Dalton é Rei neste novo reino, sendo assim ele também irá participar do Conselho Mundial / Reverie. Enfim, Chopper fica todo bobo ao receber estes elogios e xinga o médico...esse é o velho Chopper.

A terceira página é muito intrigante. A fala do médico contando sobre como é viver em cima do elefante e de só agora descobrir que ele pode entender tudo o que eles falam. Mas a frase mais intrigante é: "Durante mil anos, você andou...mas aonde exatamente você está indo?" Será que o elefante procura por alguma coisa?

Momonosuke decide ficar em Zou para conversar mais com o Zunisha e tentar entender a razão de ser o único que consegue conversar com ele. O garoto também está interessado em descobrir mais sobre os antepassados do seu clã. Sendo assim, a aliança formada para derrotar Kaidou se dividirá em quatro grupos:

1) O grupo do Inuarashi, que ficará em Zou e será composto pela maioria dos Minks, Inuarashi e Momonosuke;

2) O grupo do Nekomamushi, que irá sair em busca do Marco e será composto por ele e seus subordinados;

3) O grupo do Kin'emon, que irá para Wano reunir os samurais para o confronto e será composto por Kin'emon, Kanjurou, Raizou, Law e seu bando, Zoro, Franky, Robin e Usopp;

4) E por fim, o grupo do Luffy, que irá resgatar o Sanji na Ilha Dos Doces, composto inicialmente por Luffy, Nami, Chopper, Brook e Pekoms.

Wano e Zou, por serem completamente desconectadas do mundo, não sabiam da existência dos "caracóis usados para comunicação". Ao que parece, é fácil fabricar den den mushi's, já que Frank se prontificou a criar alguns para a aliança se manter comunicável durante a separação.



O time de resgate do Sanji


Quando Luffy chega na tenda onde Pekoms está se recuperando, ele percebe que a mesma está toda destruída por conta do ataque ao Zunisha no capítulo passado. Felizmente o leãozinho gangster kawaii não estava tão machucado por conta de sua kame kame no mi (fruta da tartaruga), pois se protegeu dentro do próprio casco. Este é o Pekoms! Um leão-tartaruga! A habilidade dele já havia sido mostrada brevemente no final do arco da ilha dos tritões, mas só agora foi confirmada como uma akuma no mi (apesar de não haver outra explicação plausível). Luffy nem se importa muito com os machucados do cara e já vai colocando ele nas costas como se fosse uma mochila e sai correndo.

No distrito residencial dos guardiões, vários minks desejam ir com Luffy para resgatar o Sanji, por ele ter ajudado a salvar Zou após o primeiro ataque do Jack. Somente Pedro ganha a permissão para ir com eles. Pedro é irmão de Pekoms, provando que os minks são iguais aos tritões em termos de reprodução, afinal Pedro é um leopardo e Pekoms um leão. Sabe-se que existe uma história entre estes dois e que, claramente, Zou nunca apoiou Pekoms se aliando a Big Mom, por isso ainda não está clara a motivação do leãozinho gangster kawaii de ir pro lado da mãezona.

Usopp fez um upgrade no Clima Tact da Nami com uma pequena ajuda do Franky. Ele inseriu algumas propriedades do pop green que permitem acelerar o crescimento e alguns dispositivos de clima que a Nami deu a ele - provavelmente de Wetheria. Ainda não sei quanto a tradução oficial, mas parece que um dos dispositivos ele não conseguiu inserir. Talvez numa luta futura a Nami tenha que resolver este problema por conta própria. Ainda não sabemos quais os melhoramentos que a arma teve, fora o fato de que pode se esticar dependendo da força aplicada no cabo. 

No final, o grupo do Luffy se despede de Zou e parte com Pedro. Não podemos esquecer do Pekoms na bagagem...literalmente. Não pôde ser visto a Carot, aquela mink coelhinha, no meio da multidão. Alguns já teorizam que ela pode estar escondida no meio da bagagem que o Luffy carrega, já que ela demonstrou interesse em ir com eles anteriormente e também por ter protagonizado a capa colorida do capítulo passado junto com o grupo de resgate. 

Luffy enrosca o pessoal nos braços dele e se joga da perna do elefante direto no navio, isso deixa todo mundo em Zou - e seus próprios companheiros - apavorados com a situação. Enfim, acabou o arco de Zou e agora já podemos especular sobre o novo arco na ilha dos doces, onde acontecerá o casamento do Sanji (ou não). O próprio Zoro largou um comentário no final deste capítulo que, considerando ser o Sanji, seria bem provável ele aceitar se casar. Eu tenho minhas dúvidas já que, mesmo sendo uma noiva bonita, sexy e gostosa, eu acredito na possibilidade dele recusar. Afinal, ele estaria jogando a vida de solteiro dele (e de muitas mulheres dando o fora) na latrina por uma só. Mas veremos...ainda espero uma recusa dele em plena cerimônia com a desculpa de que foi feito para todas as mulheres e não uma só, ia ser hilário. 



O prólogo do conselho mundial


Em outro lugar no oceano, mais precisamente no reino de Alabasta, Vivi já está a caminho do navio que está prestes a zarpar e chamando pelo seu pai. Podemos ver Chaka ao lado dela e Carue do outro e, distante dali, Pell subindo a bordo com as malas. É uma alusão ao fato de que o conselho mundial, ou reverie, está realmente próximo. Todos os reinos estão começando a viajar para Mariejoa. Possivelmente veremos mais alguns reis mais adiante, como Dalton de Sakura, Wapol de Dark Drum, Netuno da ilha dos tritões e Riku de Dressrosa. Acredito que os eventos do conselho aconteçam antes ou depois do arco na ilha dos doces. Oda sempre costuma criar vários eventos entre o final de um arco e início de outro, então é bem provável que esse conselho seja realizado antes de Wano começar. 

Enfim, era isso. Capítulo nota 8 pelo divertimento e cheio de easter eggs. Pra quem não viu o Pandaman, página 14, bem do ladinho do Franky. Até mais!





This post first appeared on Blog Do Pandaman, please read the originial post: here

Share the post

Resenha One Piece 822 - Comentários e easter egg's

×

Subscribe to Blog Do Pandaman

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×