Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Lobo Solitário - os samurais estão com tudo nas bancas brasileiras!

E aí galera! É tanto mangá bom sendo lançado hoje em dia que nós, pobres colecionadores, mal conseguimos juntar dinheiro direito! A Panini trouxe Vagabond de volta pra gente (e agora vai!) e não bastasse isso, ainda retomou a série Lobo Solitário! Pra quem não conhece, Lobo Solitário é um mangá bem antigo e foi concluído com 28 volumes no japão após quase seis anos de serialização nos anos 70. O roteirista e desenhista Frank Miller (não, ele não criou o Batman) foi o responsável por desenhar as capas americanas do mangá! Enfim, é uma grande obra prima que a Panini nos trouxe e que, apesar do histórico, tem tudo pra fazer sucesso esse ano.




Um mangá dos anos 70



Por ser um mangá dos anos 70, talvez o traço ou a narrativa incomode alguns fãs que já estão acostumados com o padrão do novo século, afinal naquele tempo o autor não tinha todos os recursos que os mangakás têm hoje em dia. Lobo Solitário começou a ser publicado no ano de 1970 no Japão, com criação e roteiro de Kazuo Koike (nascido em 1936) e arte de Goseki Kojima (1928-2000). Nos anos 80, o mangá ganhou algumas adaptações cinematográficas elogiadas pela fidelidade com a obra. Koike também criou as obras: "Crying Freeman" em parceria com o artista Ryoichi Ikegami; "Samurai Executor" e "O Caminho do Assassino" também em parceria com Kojima.

No Brasil, a saga do Lobo Solitário começou a ser publicada em 1988, um ano depois do lançamento nos Estados Unidos, trazida pela editora Cedibra (em nove edições apenas, todas em formato americano). Em 1990, a editora Sampa começou a publicar o título, sendo interrompida três anos depois. No ano de 2005 a publicação foi retomada pela editora Panini. Lobo Solitário foi um fiasco de vendas em todas as suas tentativas de publicação no Brasil. Sem dúvidas isso se deve ao cenário da época onde animes e mangás não eram tão populares quanto hoje em dia. Este é um mangá que tem pleno potencial para vender bem agora que vivemos a melhor fase de mercado de quadrinhos no Brasil. Nesse final de semana, durante o evento Festival Guia dos Quadrinhos, a editora Panini anunciou que irá relançar o mangá e com o mesmo formato de Vagabond! 



A sinopse:

No Japão feudal, Ittou Ogami é o executor de elite para o Shogun, até o clã Yagyu armar para ele em uma tentativa de ganhar posições. Com seu nome desonrado e sua esposa assassinada, Ittou vaga pelo Japão com Daigoro, seu filho recém-nascido, como um assassino de aluguel com a alcunha de Lobo Solitário. Ittou Ogami se esforça para se vingar do clã Yagyu.


Esperamos que desta vez Lobo Solitário consiga se estabelecer no mercado e vender muitos exemplares pra compensar os tempos difíceis que passou por aqui. Ainda não sei se eu vou colecionar ou não, mas já estou tomando nota e fazendo os cálculos pra ver se dá pra acompanhar (risos). Era isso galera, aguardem que em breve vem mais um título de samurai pras bancas pra fazer companhia para o Vagabond e Blade, a lâmina do imortal. Até mais!


This post first appeared on Blog Do Pandaman, please read the originial post: here

Share the post

Lobo Solitário - os samurais estão com tudo nas bancas brasileiras!

×

Subscribe to Blog Do Pandaman

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×