Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Critica : Batman Eternamente - 1995

Batman : Eternamente
(Batman: Forever)





Chegamos a um capitulo realmente nas trevas ,do cavaleiro das trevas ,um dos pesadelos dos fãs de quadrinhos,mas acredite não é o pior filme de quadrinhos nem sequer o pior do Batman pasme, mas mesmo assim é um duro ataque de  Joel Schumacher.


Bom acredite ou não este filme é de fato uma continuação,sem o mesmo diretor na real sem nem mesmo um diretor descente, e sem nem mesmo o mesmo Batman,que agora é Val Kilmer,com certeza um dos motivos de não fazer mais filmes.O Alfred continua o mesmo Michael Gough que bem ou mal até agora pra mim é o Alfred mais marcante.

O filme já começa com um tapa na sua cara com closes sem necessidade de Batman vestindo a roupa,vemos seu novo batmovél que deu uma caída em Design digo caída porque você não tem noção no que vem pela frente.Logo vemos que sua roupa esta mais brilhante sem necessidade também e sem lógica,mas calma é só o começo da escrotidão.

Agora temos 2 vilões assim como no anterior,claro 3 com o empresário,mas 2 se contar que a mulher gato não é bem vilã.São Agora o duas caras que trocou de etnia de um filme para o outro com Tommy Lee Jones o papel,é o seguinte ele é um bom ator,mas a diferença entre o Duas Caras e os Inimigos anteriores é que o personagem Duas Caras não está lá,ele refez o Coringa inclusive na época ele reclamou sobre o porque não gostaram do Duas Caras se o Coringa era igual? A questão é que os personagens não são iguais Joel Schumacher os fez assim,no começo Jones até tenta uma abordagem com elementos do Duas Caras ,mas já some na inabilidade de Joel Schumacher.

 O outro é Charada interpretado por Jim Carrey,que não é tão ruim quanto o primeiro,mas isso é um elogio porque tá uma porcaria ,sua personalidade caricata não faz dele o pior possível,mas o figurino a relação como Duas Caras que vou comentar ainda mais eca,é bem mal feito,não sou contra estas escalações de atores e sim contra o que fizeram como no próximo filme.

Mas tem um elogio que devo fazer a todos estes filmes,até a sequencia deste,eles tem o Batman já estabelecido como Batman ,muitos reclamam de filmes de origem ,mas Batman begins acredite ou não, é o primeiro neste sentido exclusivo de Batman.e um questionamento a estatua da liberdade fica em Gotham? É eu acho que não tem uma cena onde ela é destruída,não sei porque, eu sinceramente não entendo os produtores daquela época eles não leem nada do personagem e torciam pra fazer sucesso.Diferente dos anteriores que usavam muitos efeitos práticos e davam a sensação da cidade realmente ser daquele jeito este trás uma cidade em CGI o que é ridículo ainda mais em 1995 tudo quando visto de longe parece feito de Borracha,”ah mas tem que dar um desconto pra época” eu daria,mas temos referencial que são os filmes de Tim Burton,então não posso.

Olha eu não odeio o Val Kilmer,mas também não posso elogiar seu trabalho neste filme,não por estar mais horrível até porque quanto a atuação não mudou muito,mas simplesmente por ter aceitado;porque ninguém fez a pesquisa de personagem?como eu disso ta ok,mas aquela roupa,aquele roteiro como aceitar aquilo?mas como disse não o odeio ele não é ruim ao ponto de ser o responsável pelo fracasso ;parece que quem mais pesquisou e não muito foi Jim Carrey.O enredo gira em torno do Charada que quer usar uma maquina para adquirir conhecimento infinito,ele diz em uma fala que Bruce Wayne deveria entender,bom eu até entendo,mas é o seguinte,ele poderia fazer qual quer coisa da vida com o invento dele e decide virar um super vilão?só por isso?o desafio dele com Batman em vários quadrinhos e games me parece mais razoável,além dele ser muito exagerado em tudo neste filme.

Sim esse texto vai ficar enorme porque tem muita merda tem uma cena que preciso comentar que é quando Nigma/Charada esta terminando sua maquina de madrugada,Bruce a recusou(é ele trabalha das industrias Wayne) ,mas não foi babaca ele só recusou o projeto preliminar por considerar perigoso,Nigma foi trabalhar em finalizar e então chega o superior direto dele reclamando.Que merda esse cara faz na empresa de madrugada?será que não dá pra ter um momento de paz?isso é típico e é um clichê escroto,ele é babaca com nigma Bruce mesmo não encerrou o projeto quem fez isso foi esse cara e não faz sentido;se fosse Bruce tudo bem ética e etc. mas um cara qual quer?qual é? na moral ele poderia se tornar mais rico que Bruce se apoiasse.

Bom tenho que comentar a outra personagem entre os principais a Dra. Chase Meridian,Que uma personagem totalmente deslocada tudo que ela sabe Batman sabe,então basicamente está lá como um objeto diferente das mulheres do primeiro e segundo filme e isso é ridículo.Claro quase que vou me esquecendo Robin é pois é ele está lá e é criado pelo Duas Caras ao matar sua família;interpretado por Chris O'donnell,que... Bizarro...  ele é um cara que aparente ter a mesma idade de Bruce Wayne e se veste de forma ridícula em sua primeira aparição como Robin e quando vai aparecer com a roupa definitiva a discutível se piora ou não.Desta vez tem várias cenas de ação e a maioria sem propósito,de todos os modos o filme é inferior aos seus antecessores ,mas uma dádiva comparado ao que viria.


Nota 2/5 Cartas


 Extra1: Bat-mamilos WTF?

Extra2: Drew Barrymore aparece e está linda,nossa ela sempre está ahaha.

Extra3: é engraçado que quanto mais conhecimento os vilões sugam mais idiotas eles ficam.não faz sentido.
Extra4: BatBunda? que porraaaaaa é essa? WTF?

Extra5 : o Batman pode matar mas o Robin não?ai passou dos limites?WTF?


Filmes Anteriores

Batman O retorno 1992

Batman 1989










This post first appeared on Naipes, please read the originial post: here

Share the post

Critica : Batman Eternamente - 1995

×

Subscribe to Naipes

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×