Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Manual dos Cafafestes - Manual da Sedução - www.socafa.com

Tags: mulher homens

Após cinco anos de pesquisa e entrevistas com 70 Homens, tendo o cuidado de excluir aproveitadores, "moleques" e playboys, o escritor Eduardo Nunes, publica o livro "Sedução - Uma Estrada de Mão Dupla - Tudo o que uma Mulher Moderna deveria saber sobre a Sedução e nós, homens, já deveríamos ter dito".
De acordo com o autor, apenas deram opiniões homens em situação economicamente estável, bem posicionados e elegantes, que afirmam não conseguirem apaixonar-se por nenhuma mulher devido ao alto nível de exigência.
Lançado em maio de 2000, o livro, que já está na quarta edição, teve cerca de 8 mil cópias vendidas. Dirigido especialmente às mulheres que querem "sossegar" e arrumar um homem para a cama e para a vida, o livro é um verdadeiro manual de sedução e conquista. Eduardo conta que procurou reunir tudo o que os homens esperam de uma mulher moderna (sexualmente ativa), que ela saiba, pense e entenda nos dias de hoje a fase da sedução.
A idéia de escrever o livro surgiu em 1989, quando começou a trabalhar com pesquisas para um programa de televisão que tinha a intenção de unir casais das classes média e alta. Nascido em São Paulo dia oito de novembro de 1967, Eduardo Nunes afirma que baseou-se também, em experiências de quando era cafajeste.

Conheça alguns conceitos extraídos do livro que, segundo o autor, fazem parte do Dicionário Básico dos homens:

Mulher-cadastro - É o que alguns chamam de transa. Geralmente, o homem tem cerca de três mulheres-cadastro e sai com elas de segunda a quinta-feira. Nos outros dias, ele sai sozinho para renovar o cadastro. Isto acontece porque todo homem sabe que a mulher-cadastro vai ficando chata a medida em que a insegurança aumenta.

Cafajeste - Nessa categoria está a maioria dos homens, até que sejam realmente conquistados. Apesar de ter vários cadastros, leva em conta que as mulheres têm sentimentos e tenta se livrar do envolvimento deixando claro que não quer nada sério. Para testar se seu parceiro é um desses, experimente dizer que está apaixonada. Se a reação for uma saída estratégica, não precisa nem perguntar de novo. Mesmo porque ele não estará lá para responder. O autor garante que o cafajeste pode mudar quando se apaixona. "Este é o tipo mais fácil de conquistar, pois ele se apaixona quando encontra uma mulher realmente autêntica", revela.

Canalha - É também conhecido como filho da puta. Ele seduz a mulher-cadastro até que ela se apaixone e só transa quando chega nesse estágio. Trata a mulher muito bem, mas seu único interesse é tê-la na sua cama. Quando consegue alcançar seu objetivo, parte para outra conquista. É discriminado até mesmo pelos homens.

Comportamento sexual - É o jeito com que uma mulher anda, fala, se veste, pensa, como transa e o que faz depois da transa. Aquilo que uma mulher diz é confrontado com a sua forma de agir. A finalidade do homem é descobrir se ela é verdadeira e tem amor-próprio. É o principal termômetro masculino na hora de avaliar uma mulher. Essa avaliação começa na primeira troca de olhares e vai até a quinta transa, mais ou menos.

Mulher safada ou safa - É aquela que sabe exatamente o que faz. Usa sua inteligência muito bem e sabe separar o amor (sentimento) de sexo (sensação). Ela é uma puta, mas somente com seu homem. Topa qualquer sacanagem e está pronta para realizar qualquer fantasia que o parceiro queira, mas desde que ele lhe ofereça a reciprocidade que ela deseja nos planos sexual, social e econômico.

Mulher vagabunda - Deixa-se seduzir por qualquer um. Ela não tem amor-próprio, não se envolve e não tem respeito por si mesma. Seu comportamento sexual é inconseqüente, podendo causar-lhe traumas para a vida toda.

Confira a entrevista com o autor e tire as suas dúvidas de como conquistar e seduzir o homem desejado!!

Me Divertir - O livro "Sedução - Uma Estrada de Mão Dupla" é indicado especialmente às mulheres. Você define um tipo específico de mulher interessada no conteúdo do livro?

Eduardo Nunes - Sim. Eu diria que toda mulher que assume a possibilidade ou já tem vida sexual antes do casamento. Explicando bem, a mulher que pretende ou transa antes do casamento e está procurando um novo namorado, mas não sabe direito como agir, entender o que ele quer dela ou quer dizer com seus atos. Esta seria a principal, mas o sucesso do meu livro me mostrou que tinha muito mais gente querendo informação do que eu imaginava.

MD - As explicações sobre o comportamento, forma de pensar e desejos dos diferentes tipos de homens são detalhados no livro. Qual é a sua intenção ao caracterizar estes "tipos", como o Cafajeste e o Canalha? E ao caracterizar as mulheres de "Cadastro", "Vagabunda" e "Safada"?

Eduardo Nunes - A intenção é que a mulher entenda como nós, homens, pensamos no geral e ter como argumentar sobre isso com o próximo pretendente, forçando-o a mostrar-se.

MD - Você usou referências para escrever e fundamentar seu livro, fez pesquisas em livros, periódicos, entrevistas com homens, mulheres, convivência com amigos ou baseou-se apenas em experiências pessoais?

Eduardo Nunes - Pesquisei muito, por quase dez anos, somados a minha experiência pessoal. Tem os nomes de parte dos homens que me ajudaram com depoimentos nos Agradecimentos, porém, a ginecologista, o neurologista, psiquiatras, entre outros profissionais , preferiram não colocarem seus nomes devido ao tema do livro. Não "enchi lingüiça" e tudo o que está escrito é embasado.

MD - O livro é recomendado também para os homens que desejam entender as mulheres para conquistá-las?

Eduardo Nunes - Existem duas situações em que os homens têm interesse pelo livro:Homens bem intencionados em fase inicial de possível relacionamento, que querem achar a mãe para seus filhos, usam o livro para uma lista de coisas que gostariam de falar para uma garota, que demoraria muito para ter intimidade suficiente para fazê-los, como depilação, sexo oral e anal. Aqueles que querem se entender melhor e identificar-se desejam ler o livro também, pois para nós, homens, é uma tarefa assustadora saber escolher a mulher certa. A família não nos ensina a amar uma mulher, apenas ensina que não devemos ser homossexuais e para tomarmos cuidado em não engravidar uma qualquer oportunista por aí. Então, ficamos sem saber os requisitos a serem observados.

MD - Os assuntos abordados são passíveis de discussão entre homens e mulheres ou devem ser considerados exclusivamente como o "guia da conquista e sedução" da mulher?

Eduardo Nunes - Os assuntos são colocados propositadamente para serem discutidos, antes de o casal ir para cama. Por isso, digo que se deve falar muito sobre sexo antes de ir fazendo com o possível parceiro. Se um rapaz fala que gosta de fazer sexo oral na garota e na hora "h" não faz, ela deve parar no momento e questionar. Eu não espero ensinar um lado a se dar bem e sim que os dois lados falem a mesma língua sem enganos. Se é apenas para transar sem possibilidade de relacionamento, tudo bem, desde que ambos estejam cientes disto, e não como acontece na maioria das vezes, quando a garota só ser comunicada depois de transar. (lembrando que pode ser da mulher para o homem também).

MD - Você diz que é difícil para a mulher separar sentimento (amor) de sensação (sexo), sendo que o homem sabe separá-los muito bem. Como ela deve proceder na conquista já que os "homens só amam as boas de cama", pensando exclusivamente em ter um sexo bom, independente do sentimento?

Eduardo Nunes - Não existe "os homens", o que existe é um homem e uma mulher. A mulher boa de cama para mim pode ser ruim para o outro. Então, não adianta a mulher procurar saber como proceder na conquista dos homens no plural, e sim procurar saber quem ela é sexualmente e se mostrar como ela realmente pensa e aceita. Assim, ela não vai sentir-se cobiçada por todos os homens, mas quando ela perceber um que a quer, será fulminante. A mulher vai encontrar o que estava procurando, apenas faltando saber se ela o escolherá também, pagando o preço que ela quiser (namorar ou casar, por exemplo). Ele também vai verificar se foi escolhido, senão...

MD - Você é um ex-cafajeste assumido, já foi casado e hoje tem uma namorada. O comportamento de sua ex-mulher foi igual ao descrito no livro para te conquistar, ou melhor, para seduzir e conquistar o tipo "cafajeste"?

Eduardo Nunes - Tive três namoradas até hoje. Todas tiveram o mesmo comportamento para me conquistar. Elas eram simples e autênticas, o que eu conheci e gostei no primeiro dia, diferentes de dezenas de outras que se vendiam de "tiazinha" e depois descobria que era tudo mascarado. O cafajeste que chega no momento de sua vida em que decide parar, pensa assim também. Posso garantir.

MD - Após ler o livro, a mulher deverá saber exatamente com que tipo de homem ela estará lidando, já ao conhecê-lo, e, portanto, não correrá nunca mais o risco de perder tempo com os "não prontos". Que homens você considera como "não prontos"?

Eduardo Nunes - Aqueles que ainda não se sentem maduros ou prontos economicamente, e sexualmente falando. Exemplificando, um cara que quer curtir a vida ou simplesmente está de passagem pela cidade. Sem contar os realmente mal-intencionados, que procuram mulheres que não se valorizam para usar, os casados com filhos, playboys, gays enrustidos, entre outros. Acho que vocês, mulheres, sabem melhor do que eu!!

MD - Segundo afirmações relatadas em "Sedução", os homens querem que uma mulher seja: a Puta, a Mãe e a Amiga, precisamente nesta ordem. Você acredita que todos os homens pensam desta forma?

Eduardo Nunes - Não existe "os homens", existem sim clãs... O clã dos homens cobiçados, bem posicionados econômica e socialmente, que considero os mais exigentes, sim, eles pensam desta forma. A "puta" é a primeira intenção do homem, o comportamento sexual dela. A "mãe" representa amor, fidelidade, caráter, carinho, nosso Norte, respeito, a mãe de nossos filhos e nossa também. A "amiga" á a companheira de bagunças e baladas, compreensiva. Sem contar o pensamento sobre uma possibilidade futura de cumplicidade nas fantasias máximas do homens, citadas no livro, para quando chegar uma possível fase de monotonia sexual no casal. Por isso, a frase contém "precisamente nesta ordem".

MD - É possível afirmar que todos os homens, ou pelo menos a grande maioria deles, valoriza o sexo em primeiro lugar numa relação?

Sentimentos como carinho, amor, respeito, admiração e atenção não são levados em conta pelos homens também? Eduardo Nunes - Todos são levados em conta. Porém, de um modo geral, vocês (mulheres) confundem a ordem em que eles estão sendo avaliados. Por isso, levar pudor para cama é um erro!

MD - Você se considerava um caso perdido até encontrar sua ex-esposa? O que recomenda para os homens que querem sair desta vida de cafajestagem?

Eduardo Nunes - Eu diria que trair a namorada para ter sacanagem com uma outra é burrice e covardia. Ficar pegando todas por aí também é se contentar com 10% do que uma mulher pode te proporcionar em termos de prazer... Depois que um homem aprende a barganhar com uma mulher, ele descobre que a puta, a mais puta na cama com quem sonhamos é aquela que cobra amor e não grana. Ele deve correr o risco e ensinar tudo que ele sabe sobre sacanagem e espera dela sem medo. Se o homem espera que sua mulher seja um puta na cama, deve levá-la para ver umas em uma boate qualquer. Elas morrem de curiosidade mesmo! Assim, elas podem ver como elas agem e até conversar com algumas. O homem deve, ainda, explorar todas as possibilidades fantasiosas de sua mulher e não recriminá-la, pois ela não tem a "maldade" dos homens.

MD - Teve algum caso, entre os amigos entrevistados, que nunca conseguiu deixar de ser cafajeste, mesmo depois de casado?

Ou o contrário, isto é, aquele supercafajeste que acabou se regenerando quando encontrou a mulher ideal? Eduardo Nunes - Todos deixam de ser cafajestes um dia, pois cafajeste é uma forma de mostrar seu pior lado para saber como a garota é da forma mais rápida e eficiente possível. Mas, assim que achamos a mulher de nossa vida, deixamos para trás... Agora, lembre-se que quem foi rei, sempre será majestade... Se precisar, ele acorda, mas nunca mais para a quantidade, só pela qualidade, isto é, na prática, separa-se de uma e casa-se com outra.

Se você quiser falar com o autor, mande e-mail para: [email protected] Visite o site de Eduardo Nunes em www.seduzir.com.br

Reportagem: Stefanie Leipert

Fonte: http://www.seduzir.com.br/impr_medivertir.htm







www.socafa.com
www.facebook.com/socafa Resenha feita por Ator e modelo WO #socafas em 25. "A magia do momento nunca termina" FALANDO FRANCAMENTE COM O CAFA, COM O MODELO E ATOR WO. Classificação: 5


This post first appeared on Www.socafa.com " FALANDO FRANCAMENTE COM O CAFA ", please read the originial post: here

Share the post

Manual dos Cafafestes - Manual da Sedução - www.socafa.com

×

Subscribe to Www.socafa.com " Falando Francamente Com O Cafa "

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×