Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

POR QUEM A MINHA ALMA SE AUSENTA

Tags: quem aquela alma

0065.JPG

POR QUEM A MINHA ALMA SE AUSENTA        

Rogério Martins Simões

 

Aquela por Quem minha alma se ausenta,

Divina musa que o meu tempo laça,

É sal que me tempera; que reinventa

A noite, quando a noite nos abraça…

 

Aquela que me tenta e tanto atenta:

Ilumina, fascina, e tem na graça:

A graça com que embala e movimenta,

Meu corpo que perdido esvoaça.

 

Aquela que na dor me faz rochedo;

Que por amor me perco e perco o medo:

É voz deste sofrer intolerante.

 

E se nem andar sei aquando ausente,

Aquela por quem meu amor tanto sente:

É beijo deste belo e terno instante.

 

Praia das Bicas, 21/10/2013 20:53:10

Simões, Rogério, in “GOLPE DE ASA NO SEQUEIRO”,

(Chiado Editora, Lisboa, 1ª edição, 2014)

 



This post first appeared on POEMAS DE AMOR E DOR, please read the originial post: here

Share the post

POR QUEM A MINHA ALMA SE AUSENTA

×

Subscribe to Poemas De Amor E Dor

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×