Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Segredos do Triângulo das Bermudas revelados



O Triângulo Das Bermudas é uma das áreas mais temidas do planeta devido a histórias assustadoras de navios e aviões que se aventuraram na região e desapareceram sem deixar rastro.

Esses desaparecimentos geralmente são atribuídos a forças paranormais, como alienígenas, monstros marinhos e cidades míticas que se encontrariam dentro de suas águas. Mas cientistas argumentam que forças naturais e erros humanos são provavelmente as causas.

O que é o triângulo das Bermudas?

Geograficamente falando, o Triângulo das Bermudas é uma região na parte ocidental do Oceano Atlântico Norte. A forma triangular que dá nome à região é formada por três pontos geográficos: a ponta da Flórida, as Bermudas e Porto Rico, embora os limites exatos do triângulo não sejam muito bem definidos. Na verdade, o Conselho de Nomenclatura Geográfica dos EUA não reconhece o Triângulo das Bermudas como um nome oficial.

Desaparecimentos misteriosos



O Triângulo das Bermudas há muito tempo captura a imaginação das pessoas devido a uma série de desaparecimentos inexplicáveis ​​de navios, aviões e pessoas. Acredita-se que mais de 50 navios e 20 aviões tenham desaparecido dentro de seus limites em meados do século 19.


Forças ambientais: ondas vagalhões


Cientistas da Universidade de Southampton acreditam que ondas gigantes podem estar por trás de muitos dos naufrágios. O Triângulo das Bermudas é particularmente propenso a furacões, e quando tempestades e ondulações oceânicas de várias direções colidem, elas podem criar um fenômeno relativamente comum na área conhecida como “ondas vagalhões”, que podem medir até 30 metros de altura.


Environmental forces: The Gulf Stream

Muitos acreditam que a Corrente do Golfo seja parcialmente responsável pelos acidentes. A corrente quente do oceano que flui do Golfo do México ao redor do Estreito da Flórida e depois segue em direção nordeste até a Europa é extremamente turbulenta e pode causar “mudanças rápidas, às vezes violentas, nas condições meteorológicas”.

Forças ambientais: variação magnética e erros de bússola


De acordo com a Guarda Costeira dos EUA, o Triângulo das Bermudas é “um dos dois lugares na Terra em que a bússola magnética aponta para o norte verdadeiro”, em vez do norte magnético. “A diferença entre os dois é conhecida como variação da bússola” e deve ser compensada.

Enquanto alguns atribuem os desaparecimentos a essa variação magnética, outros afirmam que os capitães de navios sabem como lidar com esse problema desde que existem navios e bússolas. A Guarda Costeira americana acrescenta que, embora “alguns valores magnéticos excepcionais tenham sido relatados dentro do Triângulo”, não há “nenhum que torne o Triângulo mais incomum do que qualquer outro lugar na Terra”.


Forças humanas: tráfego pesado


De acordo com a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA), “não há evidências de que desaparecimentos misteriosos ocorram com maior frequência no Triângulo das Bermudas do que em qualquer outra área grande e bem percorrida do oceano”. A área triangular é conhecida por ter tráfegos aéreo e marítimo pesados, assim, em termos percentuais, não ocorre mais desaparecimentos no Triângulo das Bermudas do que em outros lugares do mundo.


This post first appeared on Gustavoinfol, please read the originial post: here

Share the post

Segredos do Triângulo das Bermudas revelados

×

Subscribe to Gustavoinfol

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×