Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Mensagem do Alcorão em quadrinhos da Marvel gera revolta

A jihad cultural é uma estratégia conhecida para influenciar pessoas através do anúncio das prerrogativas islâmicas. A tentativa de um desenhista muçulmano em fazer isso numa revista dos heróis X-Men, da Marvel, acabou gerando revolta e pedidos de desculpas a cristãos e Judeus.

A HQ X-Men Gold #1, lançada este mês nos Estados Unidos, tinha mensagens subliminares com citações do Alcorão e que pediam a morte de infiéis (cristãos e judeus). Elas foram feitas pelo desenhista indonésio Ardian Syaf que trabalha para a editora. A Indonésia passa por uma crise institucional que envolve questões políticas e religiosas.

Logo os leitores, especialmente os da Indonésia, começaram a debater na internet o significado dessas mensagens. O primeiro é a inscrição QS 5:51 no peito do mutante Colossus, que joga beisebol com Noturno, que é sabidamente cristão.

Trata-se de uma referência à Qur’an Surah 5:51 – Capítulo do Alcorão – que diz:  “Ó fiéis, não tomeis por amigos os judeus nem os cristãos; que sejam amigos entre si. Porém, quem dentre vós os tomar por amigos, certamente será um deles. Alá não encaminha os iníquos”.

Resultado de imagem para HQ X-Men Gold Alcorão

A outra mensagem, menos explícita é um quadrinho que tem o número 212 em destaque, uma referência ao protesto que ocorreu em 2 de dezembro (2/12) do ano passado na Indonésia.

Também pode-se ver o número 51, numa camiseta, uma referência ao verso do Alcorão que diz que os muçulmanos não podem aceitar líderes cristãos ou judeus. A personagem Kitty Pride, que é judia, aparece em frente a uma joalheria [Jewlry, em inglês] cobrindo parte da placa, deixando visível apenas “jew” [judeu], dando a entender algo como “212 para Judeus”.

Syaf, como acabou comprovado, tem pensamentos extremistas e participou dessas manifestações que pediam a morte de um político cristão no ano passado.

A Marvel publicou uma declaração oficial: “A arte mencionada em X-Men Gold #1 foi inserida sem que se soubesse do significado por trás dele. Essa referência não reflete os pontos de vista do escritor, editor ou qualquer um na Marvel e vão à direção oposta à mensagem de inclusão da Marvel Comics e ao que os X-Men lutam desde sua criação. A arte será retirada de impressões subsequentes, versões digitais e encadernados e ações disciplinares serão tomadas”.

O artista indonésio admitiu que tinha colocado as mensagens, que para ele seriam mal interpretadas pelos leitores. Pediu desculpas, dizendo que não odeia cristãos e judeus. Dificilmente trabalhará para a Marvel novamente. Curiosamente, os X-Men foram criados por Stan Lee e Jack Kirby, ambos judeus. Com informações de Sky

Como estudar a Bíblia de maneira prática e didática.

Professor de teologia desenvolveu um curso prático e didático para se conhecer a Palavra de Deus. De maneira organizada, você estuda a Bíblia de modo que entenda o trabalhar de Deus através das Escrituras e consegue absorver muito mais conhecimento bíblico.



This post first appeared on Portal Da Teologia, please read the originial post: here

Share the post

Mensagem do Alcorão em quadrinhos da Marvel gera revolta

×

Subscribe to Portal Da Teologia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×