Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Filemom – A Bíblia Livro Por Livro

■ Conteúdo: o propósito exclusivo dessa carta é garantir o perdão a um escravo (provavelmente fugitivo) chamado Onésimo

■ Autor: o apóstolo Paulo, junto com seu jovem companheiro Timóteo

■ Data: provavelmente 60-61 d.C. (v. “Informações básicas sobre Colossenses”, p. 424)

■ Receptor(es): Filemom é um cristão gentio em Colossos (v. Cl 4.9), em cuja casa a igreja se reúne; as saudações inicial e final indicam que Paulo esperava que Filemom compartilhasse a carta com a igreja

■ Ocasião: Onésimo se converteu recentemente e tem servido a Paulo, que está na prisão; Onésimo agora está sendo enviado de volta a Filemom, acompanhado por Tíquico; este também leva consigo cartas às igrejas em Colossos (Colossenses) e na Ásia (Efésios)

■ Ênfase: o evangelho reconcilia as pessoas umas com as outras, não apenas judeus (Paulo) e gentios (Filemom), mas também escravo (fugitivo) e senhor, tornando todos irmãos!

VISÃO GERAL DE FILEMOM

Foi extremamente complicado e delicado para Paulo escrever essa carta, a sua carta mais breve. Paulo está explicitamente pedindo que se

perdoe um crime merecedor de punição (o crime de Onésimo) — e, implicitamente, o perdão de outro crime que poderia ter sido levado às devidas autoridades (Paulo protegendo um escravo fugitivo).

Observe como Paulo é cuidadoso em abordar todas essas questões da perspectiva do evangelho, começando pela oração e ação de graças (v. 4-7), em que ele louva a Deus pelo modo em que o evangelho já está operando na vida de Filemom. Observe especialmente que Paulo se recusa a se apoiar em sua autoridade apostólica (cf. v. 1,8-10,17,21); antes, ele suplica com base no evangelho do amor (v. 8-11). Ele também lembra Filemom de que ele próprio, também, é um dos convertidos do apóstolo (v. 19), a quem ele considera agora como um “companheiro” (nvi) no evangelho (v. 17).

Os versículos 12-16 são o ápice da argumentação. Onésimo realmente tem servido a Filemom sem o saber, e o fato de ele ter sido um fugitivo pode finalmente servir aos interesses maiores de todos, especialmente do evangelho. Ainda que Filemom esteja retornando como um escravo arrependido, o primeiro relacionamento entre escravo e senhor, Paulo lembra a Filemom, é o de irmãos em Cristo.

ORIENTAÇÕES PARA A LEITURA DE FILEMOM

A escravidão no primeiro século do mundo greco-romano não se baseava na captura e em questões raciais, como na história norte-americana (e europeia),baseando-se antes, na época de Paulo, na economia — e no nascimento. Mas mesmo os escravos domésticos — e Onésimo provavelmente era um desses — estavam no grau mais baixo da escala social, não tendo absolutamente nenhum direito sob a lei romana. Assim, o senhor podia tratá-los como quisesse, e os fugitivos eram muitas vezes crucificados como advertência aos outros escravos.

Desse modo, imagine-se no lugar de Onésimo. Ao que tudo indica, ele havia roubado de Filemom (v. 18,19) e fugido o mais longe possível (Roma). Mas ele se arrependeu, encontrou Paulo, que estava preso em Roma, e agora, de volta à sua cidade, encontra-se no meio da comunidade cristã, enquanto Colossenses e essa carta são lidas à congregação. Como você acha que se sentiria?

Mas nós podemos imaginar que Filemom já havia lido a carta, sua leitura constituindo portanto uma expressão pública da aceitação, por

parte de Filemom, tanto da carta como dos desejos de Paulo. Não é má ideia reler brevemente a carta aos colossenses tendo em mente que os cristãos dessa igreja a estão ouvindo com Onésimo presente entre eles, e que eles, também, precisam aceitar Onésimo de volta como um “irmão amado” em Cristo.

A carta funcionou? É claro que sim; é difícil imaginar que qualquer uma dessas cartas fosse preservada se não o tivesse! Se Onésimo é de fato aquele que se tornou o bispo da igreja em Éfeso não se pode saber ao certo, mas a tradição cristã acreditava que sim. Nós sabemos a respeito dele por meio de Inácio, que, em seu caminho a Roma para ser morto como mártir, escreveu à igreja em Efeso: “Em nome de Deus, portanto, eu recebi sua numerosa congregação na pessoa de Onésimo, seu bispo no mundo, um homem cujo amor está além das palavras. Minha oração é que você o ame no Espírito de Jesus Cristo e todos sejam como ele. Bendito é aquele que lhes permite ter um bispo desses. Vocês o mereceram!”. O evangelho faz coisas como essa!

UMA CAMINHADA POR FILEMOM

□ 1-3 Saudação

Felizmente, a saudação nos oferece bastante informação útil, mencionada em “Informações básicas sobre Filemom” (Áfia é provavelmente a esposa de Filemom; à luz de Cl 4.17, Arquipo provavelmente é um mestre na igreja). Seja como for, esteja certo de que o retorno de Onésimo afetará toda a casa, bem como a igreja.

□ 4-7 Ação de graças e oração

Assim como nos outros relatos de ação de graça e oração de Paulo, ele agradece a Deus e ora principalmente pelos efeitos do evangelho na vida de Filemom. Observe a ênfase no amor e na fé (v. 5), que então são elaborados na ordem inversa nos versículos 6 e 7; observe também como o final do versículo 7 prenuncia o que vem a seguir.

□ 8-21 A súplica

Observe o jogo de palavras com o nome de Onésimo nos versículos 10 e 11. Filemom é exortado não só a receber aquele que “foi inútil,

mas agora é muito útil”, mas a recebê-lo como um “irmão na fé”. Não está claro como Paulo poderia ter pago a dívida de Onésimo (v. 18,19) — afinal de contas, o apóstolo está na prisão, sendo ele próprio completamente dependente de ajuda externa! Ele certamente espera que Filemom perdoe a dívida, mas em todo caso, ele dá o exemplo do evangelho, assumindo a dívida.

□ 22-25 Palavra pessoal e saudações

O versículo 22 indica que Paulo espera ser liberto da prisão (cf. Fp 1.24; 2.23,24), questão que dessa vez substitui o “cumprimentai cada um dos santos” que normalmente ocorre nas cartas. É uma boa ideia comparar as saudações de Filemom 23,24 com as de Colossenses 4.10-15.
Essa carta um tanto particular está em nossas Bíblias porque a verdade do evangelho não está só na sua história e na interpretação teológica dessa história; trata-se também de uma verdade encontrada nos fatos do cotidiano. É por meio de histórias como essa que a história de Deus, inúmeras vezes, vem sendo contada até hoje.



This post first appeared on Portal Da Teologia, please read the originial post: here

Share the post

Filemom – A Bíblia Livro Por Livro

×

Subscribe to Portal Da Teologia

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×