Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

Crítica: “The Assignment – A Missão”

“The Assignment – A Missão”, conta a história de Franck Kitchen (Michelle Rodríguez), um assassino profissional que é submetido a uma mudança de sexo, contra a sua vontade. Após envolver-se com a máfia, Kitchen viu-se nas mãos da cirurgiã Rachel Kay que procedeu à mudança de sexo, como forma de vingar a morte do irmão. Perante o que lhe fizeram, Kitchen parte para a vingança.

Não são muitos os filmes que abordam o tema da transsexualidade. É sempre positivo ver este tema tratado no cinema. No entanto, este filme maraca pela diferença, já que se opta por uma via bem distinta do normal. Em vez de se abordar pelo lado da vitimização, das dificuldades sociais inerentes à mudança de género, opta-se por algo mais arrojado como a revolta mortal de um assassíno profissional.

Destaque para a entrega de Michelle Rodríguez, que até ganhou barba para interpretar o Seu Personagem, como mesmo após a mudança de sexo se esforçou para manter o lado mais masculino do protagonista. Destacamos a parte em que o seu personagem se confronta pela primeira vez com os resultads da cirurgia indesejada e ainda a relação com a sua amante.

Existem boas cenas de ação por isso a animação não pára.

O post Crítica: “The Assignment – A Missão” aparece primeiro no Clube de Cinema.



This post first appeared on Clube De Cinema - Porque Gostos Discutem-se!, please read the originial post: here

Share the post

Crítica: “The Assignment – A Missão”

×

Subscribe to Clube De Cinema - Porque Gostos Discutem-se!

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×