Get Even More Visitors To Your Blog, Upgrade To A Business Listing >>

O Excesso

O Excesso

Alexandre Séon, Le retour Se chorar, dirás que sofro... E, Todavia, o céu telúrico. E, todavia, os teus passos, Os teus laços, Tu... O palpitar constante, O ser difuso, divagante! Não sei do espaço, Perdi o tempo, No momento Em que tocaste o meu sonho! A beleza, a nobreza... O Excesso e o reverso... E, se te sonho e te quero, Tu és a calma, a agitação - o meu processo! Se



This post first appeared on Rara Avis, please read the originial post: here

Subscribe to Rara Avis

Get updates delivered right to your inbox!

Thank you for your subscription

×